sexta-feira, junho 14, 2024
anuncio
HomeRetrospectiva 2023RETROSPECTIVA 2023 - Segurança pública em Barueri

RETROSPECTIVA 2023 – Segurança pública em Barueri

por: Redação

Compartilhe esta notícia!

Cidade teve prisões, troca de tiros e tentativas de assalto terminando em morte, mas também denúncias contra a PM e viatura da GCM sendo usada para pegar rebeira

O ano começou com um assalto cinematográfico no Jardim Belval quando, em janeiro, uma quadrilha invadiu o armazém de uma e-comerce e levou seis vans do local. O bando seguiu por diversos bairros de Barueri e o comboio e só foi detido na zona leste da capital, quando policiais militares desconfiaram dos veículos e iniciaram a abordagem. Uma perseguição da GCM a bandidos terminou com troca de tiros na região do Parque Municipal. Moradores, assustados com os disparos, filmaram das janelas dos apartamentos a ação da GCM. No Jardim Belval, uma tentativa de assalto terminou com a morte do criminoso na garagem da residência alvo do crime. Segundo testemunhas, um policial à paisana, que passava pelo local, viu a ação e na tentativa de evitar o assalto, atirou.

Em junho, uma ação policial resultou na acusação de uma moradora do Jardim Reginalice contra um dos policiais militares de ter executado o cachorro da família. O animal teria latido para as viaturas na rua quando um dos PMs se irritou, se aproximou e deu um tiro no pescoço do animal, e mesmo com a família implorando por socorro, o policial teria ignorado a cena, enquanto o cachorro sangrava na calçada.

No mesmo mês foram pressos assaltantes responsáveis por de arrastões. Os criminosos começaram a prática em Cotia, passaram pelo centro de Barueri e foram detidos por PMs no Jardim Belval. No Jardim Líbano, um homem foi filmado abandonando um cachorrinha numa área de matagal. O caso chegou a grupos de protetoras, que acionaram a GCM e o animal, deixado com a casinha, foi resgatado.

O mês terminou com um vídeo onde um ciclista usava uma viatura da GCM para pegar rabeira. O fato foi em frente ao Ginásio José Correa, sentido centro. O ciclista chega a andar somente apoiado na roda dianteira da biclicleta.

No mês de outubro o GanhaTempo foi invadido por assaltante e no local houve troca de tiros com refém e fuga. Segundo informações de quem estava dentro do complexo, que fica no centro de Barueri, foram muitos disparos e um homem fugiu pelo telhado do local, sendo pego logo em seguida.

Ainda em outubro Barueri ganhou o noticiário nacional quando metralhadoras capazes de derrubar aeronaves foram furtadas do Arsenal do Exército. Militares ficaram aquartelados por vários dias, o Exército enviou representantes do alto escalão para comandar as investigações e meses depois algumas das armas continuavam desaparecidas. No Aplhaville, um suspeito de praticar assaltos em série no bairro foi morto por um segurança patrimonial. O rapaz, de 19 anos, teria acabado de tentar levar a bicicleta de um casal.

No mês de dezembo, o candidatos denunciaram irregularidades e falhas no concurso da GCM de Barueri. Entre os relatos, provas, sob responsabilidade do Instituto de Gestão de Cidades (Igecs), com questões de dupla interpretação, respostas erradas, cadernos de provas ilegíveis e o uso de celular por candidatos durante a prova.

Parte dos cadernos de prova entregue aos candidatos tinha questões completamente ilegíveis
Postagens Relacionadas

Deixe sua resposta

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui

- Advertisment -

Mais Populares

error: Conteúdo Protegido!