segunda-feira, junho 24, 2024
anuncio
HomeCidadeMoradora do Regina Alice acusa PM de matar seu cachorro sem motivo

Moradora do Regina Alice acusa PM de matar seu cachorro sem motivo

por: Redação

Compartilhe esta notícia!

Animal de estimação da família morreu após policial atirar no pescoço dele, que teria latido para a viatura que estava na rua, atendendo uma ocorrência

A dona de um cachorro, morto com um tiro no pescoço na noite de sábado, 18/3, na rua Egeu, no Jardim Regina Alice, acusa um policial militar de ter disparado contra o pet da família sem motivo. Segundo a tutora, os policiais foram socorrer um rapaz na rua onde ela mora. Quando desceram da viatura, Scooby, que estava com a família havia nove anos, latiu para os agentes, o que teria sido o suficiente para um dos PMs atirar no pescoço no animal.

Indignada com a atitude do policial, a família começou a filmar logo depois que o animal foi ferido. Nas imagens, é possível ver pelo menos três viaturas na rua, alguns PMs ao redor delas, um carro do resgate municipal e, na calçada, a dona ao lado do cachorro, que está caído e insanguentado. “O policial saiu e atirou no meu cachorro. Meu cachorro aqui morrendo e ele aí desfilando na rua, aí a placa do carro [viatura]”, ela chora, desesperada.

Os policiais, ao lado do animal, um vira-latas caramelo, não esboçam reação, enquanto a dona pede que alguém denuncie o fato. A tutora do animal disse que não conseguiu ver o nome do policial que atirou no pescoço dele, mas indicou, no vídeo feito pelo vizinho, a viatura da qual ele desceu. “Eu não sei o nome, mas ele aparece no vídeo. Uma judiação. O cachorro latiu pra ele, ele foi e atirou”, contou ela ao Barueri na Rede. “O que eu posso fazer para que esse policial seja afastado, pois ele disse que da próxima vez mataria meu cachorro, e ele morreu”, afirmou.

O BnR encaminhou o vídeo à Secretaria de Segurança Pública (SSP) de São Paulo e perguntou qual a orientação aos tutores do animal morto diante do ocorrido; como a conduta dos policiais, narrada pela dona do cachorro, é vista pela SSP; e quais providências seriam tomadas diante do descrito mas, até o momento da publicação dessa reportagem, não obteve nenhuma resposta.

Postagens Relacionadas

1 Comentário

  1. Gente antes de ficarem destilando ódio contra os policiais, busquem saber direito o que aconteceu. A reportagem pode apurar melhor e ver que na verdade a dona do cachorro quebrou uma garrafa na cabeça do homem e os policiais foram chamados. Pediram para prender o cachorro e quando ficou sabendo que seria presa soltou o cachorro que avançou nos policiais.
    A culpa toda é de quem soltou o cachorro. Prestem atenção nos ataques desnecessários, pois os policiais jamais fariam uma coisa dessa do jeito que ela está falando.

Deixe sua resposta

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui

- Advertisment -

Mais Populares

error: Conteúdo Protegido!