quarta-feira, junho 19, 2024
anuncio
HomeRetrospectiva 2023RETROSPECTIVA 2023 - Acidentes, interdições e o trânsito em Barueri

RETROSPECTIVA 2023 – Acidentes, interdições e o trânsito em Barueri

por: Redação

Compartilhe esta notícia!

O ano foi marcado por acidentes, obras, reformas e desvios que complicaram a vida de quem precisou se locomover pela cidade

O barueriense enfrentou dias de dificuldade no trânsito, causado por acidentes, obras, reformas e desvios. O ano começou com uma das ruas da Aldeia de Barueri sendo interditada por causa de uma cratera. O buraco, que vinha crescendo há mais de uma semana, causava problemas sérios a moradores rua Rua Iracema, até que se abriu após o asfalto ceder.

De acordo com moradores, o buraco estava associado à intensa movimentação pela rua de caminhões a serviço de uma empresa de comercialização de areia. Em maio, um grande incêndio na região central mobilizou o Corpo de Bombeiros e fechou diversas vias no entorno quando uma loja de variedades foi completamente destruída por chamas que chegaram até 10 metros de altura. Ninguém ficou ferido, mas tudo o que havia dentro do comércio foi completamente destruído.

No mesmo mês, obras de duplicação da Castelo Branco romperam a tubulação e deixaram moradores sem água em 12 bairros de Barueri, e uma casa no Jardim Tupã foi incendiada por uma vazamento de gás. Não houve feridos, mas tudo foi destruído e um gato morreu queimado.

Em junho, um caminhão perdeu o freio, desceu um barranco e atingiu prédio do Engenho Novo. Segundo testemunhas, veículo estava estacionado quando caiu por aclive ao lado de conjunto habitacional.

No mês de julho, um estudo feito pelo Núcleo de Estudos da Cidade, feito pela USP,  apontou Barueri como a quinta cidade com mais mortes no trânsito no estado. A rua da Prata foi interditada e a interrupção do acesso causou caos no trânsito por toda a cidade. 

Em agosto o pastor e empresário Davi Araújo, do Alphaville, morreu em acidente de moto no Tamboré. De acordo com os bombeiros, ele teve ferimentos graves e sofreu uma parada cardiorrespiratória. No mês de setembo, um vazamento de produto químico no Reginalice, mobilizou agentes da Cetesb, Corpo de Bombeiros e evacuação de diversas ruas. A situação travou o trânsito durante diversas horas e a prefeitura chegou a emitir um alerta para que as pessoas evitassem a região.

O mês de setembro foi marcado pela queda de parte da pista no centro de Barueri, que interditou o trânsito pelo restante do ano, complicando ainda mais o fluxo de carros e ônibus no centro. A situação foi agravada pelas novas interdições feitas pelas obras de ampliação da Castelo, e no mesmo mês o barueriense voltou a sofrer com o caos logo no início da manhã, causando atrasos na vida do trabalhador.

Em dezembro um motorista morreu na Via Parque ao ter carro atingido por uma cama transportada no teto de outro veículo.

Postagens Relacionadas

Deixe sua resposta

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui

- Advertisment -

Mais Populares

error: Conteúdo Protegido!