segunda-feira, maio 20, 2024
anuncio
HomeSegurançaBiblioteca do Imperial é vítima de vandalismo

Biblioteca do Imperial é vítima de vandalismo

por: Redação

Compartilhe esta notícia!

Invasores espalharam alimentos, produtos pedagógicos e material de escritório pelo prédio. Secretaria diz que invasões são corriqueiras 

 A biblioteca municipal do Parque Imperial foi vítima da ação de vândalos no último fim de semana. O local foi invadido por pessoas que espalharam material escolar e de escritório, produtos de limpeza e alimentos pelo chão.  Além disso, os invasores tiraram coisas do lugar e removeram livros. Também quebraram com pedras o vidro da janela por onde entraram.

Segundo funcionários do local, não é a primeira vez que o prédio é invadido, mas as invasões se intensificaram depois que a prefeitura deixou de escalar guardas patrimoniais para vigiar o local nos fins de semana. Os servidores disseram também que não houve danos ao acervo, mas que os  vândalos comeram e beberam os alimentos mantidos na despensa.

A Secretaria de Cultura, responsável pelo local,  minimizou o ocorrido. Em nota enviada ao Barueri na Rede, a pasta afirma que esse tipo de ato é corriqueiro. “Invasão na biblioteca não é coisa rara. Na biblioteca municipal do Parque Imperial, menos ainda”,  diz o texto. Segundo o informe, a invasão do último fim de semana teria sido promovida por dois garotos não identificados, “de compleição franzina, a se observar o espaço por onde entraram”.

Ainda de acordo com a secretaria, rumores sugerem que esta invasão, como outras anteriores, seria obra de moradores de Osasco, cujo limite fica perto. Entre as providências tomadas, o texto afirma que foi feito registro policial e o fato foi comunicado à Guarda Municipal. Também diz que a pasta vai procurar os batalhões da Polícia Militar da área, o 20º, de Barueri, e o 42º, da zona norte de Osasco. Mas, nesse ponto, o texto faz uma ressalva: “mais em razão do consumo de drogas na região da biblioteca do que efetivamente por conta das invasões”.

Além disso, um grupo de educadores da secretaria iniciará um trabalho de conscientização da população sobre a importância dos patrimônios públicos, em especial as bibliotecas”.

A resposta da secretaria não se refere à afirmação dos funcionários sobre a falta de vigilantes noturnos.

[sam_ad id=”4″ codes=”true”]

 

 

 

Postagens Relacionadas
- Advertisment -

Mais Populares

error: Conteúdo Protegido!