domingo, abril 14, 2024
anuncio
HomeCidadePerto de completar cem anos, estação Júlio Prestes passará por reforma

Perto de completar cem anos, estação Júlio Prestes passará por reforma

por: Redação

Compartilhe esta notícia!

Prédio histórico projetado em 1926 e concluído em 1938 foi durante décadas a principal ligação da população de Barueri com a capital

Estado do prédio histórico é precário e exige reforma urgente, segundo a ViaMobilidade

A ViaMobilidade vai iniciar as obras de restauração da estação Júlio  Prestes, ponto de partida da linha 8-Diamante de trens metropolitanos. A proposta é manter as características arquitetônicas do prédio, que se encontra em estado de deterioração e exige manutenção urgente.

Projetada em 1926 e finalizada em 1938, a estação foi, durante décadas, a principal ligação da população de Barueri com a capital. Na época, estava conectada com toda a vida econômica e cultural do estado, que se concentrava na região central de São Pulo.

Além dos trens de subúrbios, como eram chamadas as linhas que atendiam as cidades da Região Metropolitana, a estação era ponto de partida para viagens de longo percurso para o interior do estado, por meio da Estrada de Ferro Sorocabana, sua proprietária, que depois seria estatizada e se transformaria na Fepasa. Em seguida, foi absorvida pela Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) para, finalmente, ser cedida à iniciativa privada por meio de concessão para a ViaMobilidade.

Em 1999, a parte que abrigava a área administrativa da empresa foi reformada e se transformou na Sala São Paulo, um dos principais palcos culturais do Brasil.

Nos últimos anos, em razão da ampliação da chamada cracolândia, que a cercou, passou a ser evitada pelos passageiros, e atualmente recebe apenas 4,5 mil passageiros por dia, o que faz dela uma das menos movimentadas da linha 8-Diamante.

O prédio é tombado ´por três órgãos de preservação do patrimônio histórico, por isso suas características arquitetônicas serão preservadas. A reforma começará pelo teto, que será recomposto com materiais mais resistentes e telhas translúcidas, para aproveitar a luz natural. As estruturas de alvenaria vão passar por recomposição, mas seus elementos históricos importantes em aço e madeira serão preservados.

Postagens Relacionadas

Deixe sua resposta

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui

- Advertisment -

Mais Populares

error: Conteúdo Protegido!