segunda-feira, junho 24, 2024
anuncio
HomeCidadeUsuários da ViaMobilidade enfrentam dificuldades nos trens desde quarta-feira

Usuários da ViaMobilidade enfrentam dificuldades nos trens desde quarta-feira

por: Redação

Compartilhe esta notícia!

Obras de manutenção e problema técnico aumentaram os intervalos de passagem dos trens e superlotaram vagões e estações

Os usuários das linhas 8-Diamante e 9-Esmeralda da ViaMobilidade vêm padecendo desde quarta-feira. Trabalhos de manutenção têm aumentado o intervalo de passagem de trens e problemas técnicos reduziram drasticamente a velocidade das composições, causaram paralisação da circulação e provocaram aglomeração em trens e estações.

Os serviços de manutenção aumentaram o intervalo para 20 minutos nas noites de quarta a sexta entre as estações Grajaú e Bruno Covas da linha 9. No sábado, as interferências começaram às 15 horas e duraram até o encerramento da operação, à meia-noite. No domingo, a alteração foi das 8h30 às 18 horas entre Grajaú e Bruno Covas.

Na linha 8, os trabalhos foram marcados para o fim de semana. No sábado, havia previsão de intervalo de 16 minutos entre Barra Funda e Júlio Prestes e no domingo, de 20 minutos de 8 a 19 horas. Relatos feitos por leitores ao Barueri na Rede e postagem nas redes sociais contaram que os intervalos foram maiores do que o anunciado em vários momentos e não se restringiram aos trechos e horários informados.

Já na sexta-feira, um “problema externo” não esclarecido teria provocado um dano num cabo de transmissão de energia que causou caos na linha 8 entre 18 e 20 horas, um dos períodos de maior afluxo de passageiros. Nesse caso, os trens permaneciam de 5 a 10 minutos parados em cada estação e houve composições que interromperam o trajeto em Carapicuíba.

Os vagões circularam lotados nesse horário e houve grande acúmulo de gente nas estações. Segundo a concessionária do serviço, os trens só podiam circular em um dos sentidos entre Antônio João e santa Teresinha, o que afetou a circulação de toda a linha.

Desde que assumiu as duas linhas, cerca de um ano atrás, antes operadas pela Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), a ViaMobilidade vem acumulado queixas sobre a má qualidade do serviço. Além disso, foram registrados acidentes com trens e servidores e o Ministério Público investiga a atuação da empresa e estuda pedir o cancelamento do contato do serviço por não cumprimento de várias cláusulas.

Postagens Relacionadas

Deixe sua resposta

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui

- Advertisment -

Mais Populares

error: Conteúdo Protegido!