terça-feira, maio 17, 2022
HomeCidadeTyganá, o barueriense que vai cantar o samba do Vai-Vai na avenida

Tyganá, o barueriense que vai cantar o samba do Vai-Vai na avenida

por: Redação

Envolvido com o samba desde os 12 anos, Ronaldo Siqueira atinge um novo patamar na carreira ao fazer parte do grupo de cantores da escola do Bixiga

Tyganá no Sambódromo do Anhembi durante ensaio técnico do Vai-Vai para o carnaval 2022

Quando a sirene do Sambódromo do Anhembi tocar às 22h30 do próximo sábado, 23/4, Ronaldo Siqueira, ou Tyganá, começará mais um capítulo de sua trajetória de cantor: ele vai pisar na avenida cantando o samba enredo da escola de samba mais popular e maior vencedora do carnaval de São Paulo, o Vai-Vai, como membro do time de intérpretes da agremiação.

Certamente vai passar um filme por sua cabeça, e ele começa em 1988, quando o menino Ronaldo, de apenas 12 anos, passou a integrar o grupo Miniaturas do Pagode, no Jardim Belval, onde nasceu e cresceu. Naquele tempo, ele dividia o lazer entre o samba e o futebol.

Jogando bola, quase seguiu carreira. Durante anos fez parte da base do antigo GRB. Foi nessa época que ganhou o apelido que o acompanha até hoje, Tyganá, referência ao craque da seleção francesa nas copas de 1982 e 1986.

Tempo pro samba

Mas a vida não era fácil e logo precisou trabalhar. Com 14 anos, já era pizzaiolo. Mas dava um jeito de conciliar o serviço com o samba participando da escola Unidos do Jardim Belval. Ao mesmo tempo, já animava festas de conhecidos, casamentos, aniversários.

Quando saiu do Exército, era suficientemente conhecido para ser chamado para ser o “puxador de samba”, termo que hoje não se usa mais, da Raízes do Jardim Silveira. Fez sucesso nos desfiles de 1999 e 2000, mas o carnaval de rua em Barueri acabou justamente naquele ano.

Cantando na mesa do bar

A ligação com o samba, porém, estava feita. Naquela época, atuava pelo grupo Auto Estima e ainda em 2000 foi eleito o melhor intérprete do Festival Nacional do Samba, realizado em Barueri. Mas tinha que conciliar a música com o trabalho e trabalhou anos como segurança, montador de móveis e o que aparecia. Ficou outro tanto na prefeitura, mas sempre dando um jeito de continuar na música. Teve bar e restaurante, onde se dividia entre a administração e o palco. Em 2007, criou o Pagode do Tyganá, que ficou famoso na região e vai completar 15 anos um dia antes de sua estreia na Anhembi.

Fôlego quadruplicado

Em 2016, ele conseguiu um feito que tem todo o jeitão de ser um recorde. Pelo menos não se sabe de mais alguém que tenha atravessado a avenida quatro vezes puxando samba enredo num mesmo desfile. Foi o que ele fez, em Barueri, conduzindo a melodia das escolas Unidos do Paulista, São Jorge, Cadência Paulista e Unidos do Belval. De quebra, passou como passista pela Mocidade Marihá.

Nos dois anos de pandemia, a vida ficou difícil. As restrições derrubaram os bares e casas de show e quem vivia de cantar penou. Até que em outubro de 2021, as coisas começaram a voltar ao normal e aconteceu a surpresa.

Tyganá conheceu um sujeito chamado Zeca do Cavaco, que veio fazer uma apresentação num bar do Bethaville. Zeca é o diretor da Ala Musical do Vai-Vai, responsável pelo time que canta o samba na avenida. Além disso, é compositor consagrado, que venceu várias vezes o concurso do samba-endredo do Vai-Vai, vários deles muito conhecidos do público. E mais, este ano o Salgueiro atravessará o Sambódromo do Rio de Janeiro cantando uma composição sua.

Pois Zeca se impressionou com Tyganá desde o primeiro dia que o ouviu. Voltou outras vezes a Barueri e numa delas trouxe Thobias da Vai-Vai, para apresentar o novo amigo e confessou que queria levá-lo para se juntar ao time de cantores do Bixiga. Thobias aprovou de imediato e assim foi feito.

Desde então, Tyganá faz parte da Ala Musical da escola da Bela Vista e tornou-se parte da equipe pessoal de Thobias. Com ele, tem feito shows em hotéis, casas de show e restaurantes famosos, entre eles, o lendário bar Brahma, na esquina da Ipiranga com a São João, na capital.

Ronaldo acompanhando Thobias em uma apresentação no interior do estado

Na Vai-Vai, Tyganá ganhou espaço e respeito, a ponto de ter recebido outro apelido: Filhote de Jamelão. E sábado, vai ser possível vê-lo na televisão dando apoio a Luiz Felipe, o intérprete oficial da escola do Bixiga.

Festa das Crianças 

Não é só pela música que Ronaldo é conhecido, mas também pelo trabalho social que desenvolve ao longo dos anos. Uma de suas ações mais conhecidas é a festa das crianças, que promove desde 2006, no último domingo de outubro no Jardim Itaparica, um cantinho localizado entre o Jardim Paulista e o Parque dos Camargos.

Festa das crianças começou em 2006 e só parou um ano durante a pandemia

Ali, na avenida Cidade de Itu, ele costuma receber mais de 400 crianças para brincar e comer guloseimas durante o dia todo. A festa é resultado de uma promessa que fez a Nossa Senhora Aparecida pela saúde do filho que nasceu com uma enfermidade grave.

A celebração é bancada pela colaboração de amigos e comerciantes, mas ele sempre tira algo do bolso para completar. “Mas a espinha dorsal é o povo, que é a razão de ser da festa e quem garante a existência”, afirma.

Postagens Relacionadas

Deixe sua resposta

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui

- Advertisment -

Mais Populares

error: Conteúdo Protegido!