terça-feira, junho 28, 2022
spot_img
HomePolíticaQuero ser a renovação que o brasileiro deseja, diz pré-candidato Delegado Bressan

Quero ser a renovação que o brasileiro deseja, diz pré-candidato Delegado Bressan

por: Redação

Bressan acredita que o eleitor promoverá uma grande mudança nas práticas políticas elegendo novos nomes

Delegado tem grande penetração nas redes sociais e que aproveitar isso para se apresentar ao eleitor

O desejo do brasileiro de mudar o jeito de fazer política foi um dos principais motivos que levaram o Delegado Hélio Bressan a lançar sua pré-candidatura a deputado estadual pelo PSD. “A população cansou das mesmas práticas e dos mesmos nomes”, afirma ele. “Por isso, tenho certeza de que haverá uma grande renovação nesta eleição, e sei que posso representar essa mudança.”

Vai ser a primeira vez que ele, aos 63 anos, disputará um pleito. Mas a política não é novidade em sua vida. “Sempre fui um ser político, me interessei pelos anseios da população, discuti ideias, fiz propostas, mas sem envolvimento partidário.” Porém, a partir do fim do ano passado, ele passou a ser sondado por vários partidos sobre uma eventual candidatura.

A explicação é simples. Bressan tem grande penetração em todos os formatos das redes sociais. Hoje, o número de seus seguidores, que não para de crescer, se aproxima de 700 mil. Diariamente ele publica mensagens positivas, dicas de segurança e comentários em geral em todas as plataformas. Suas postagens normalmente têm milhares de interações e ele chegou a ter publicações com alcance superior a um milhão de pessoas.

Helio Bressan nasceu em uma família de operários em São Paulo. Fez direito, chegou a advogar, mas seu sonho era ingressar na polícia e em 1986, aos 28 anos, passou num concurso para delegado. Desde então, nesses 35 anos, subiu os degraus na carreira até chegar ao topo e continua na ativa. Foi titular em Barueri durante dez anos e criou vínculos com a cidade.

Como deputado, ele pretende usar o conhecimento profissional para aperfeiçoar a segurança. Defende que as GCMs transformem-se em polícia municipal. “Quem primeiro percebe os problemas na cidade é o prefeito, são os vereadores, que estão em contato direito com a população, então é no município que tem que estar a inteligência e o comando das forças de segurança”, explica.

Ele ainda reclama melhor remuneração para os policiais civis e militares e o fim da prática do “bico”, atividade de segurança praticada fora do horário de serviço, para complementar renda. Também quer maior investimento em tecnologia para a área da segurança. “Hoje é possível realizar muitas coisas pela internet, sem necessidade da presença na delegacia”, explica. “Isso também melhoraria as estatísticas, fundamentais para definir a atuação policial.”

Além de sua área, Bressan entende que a melhoria da saúde pública é urgente e que o SUS precisa ser aperfeiçoado. Afirma que é preciso dar melhores condições de trabalho e perspectiva aos jovens, para combater a pobreza e a desigualdade. E que a corrupção tem que ser combatida com energia.

Em sua campanha, ele imagina que vá fechar dobradas com seis ou sete candidatos a deputado federal, aposta em sua força nas mídias sociais, mas não abre mão do contato pessoal. Por isso, tem viajado o estado todo.

Na eleição para governador, vai apoiar o candidato de seu partido, Felicio Ramuth. Para presidente, espera que algum candidato do centro se consolide. “Ainda é cedo para definir, mas temos que fugir dessa polarização, que é ruim para todos”, conclui.

Postagens Relacionadas

Deixe sua resposta

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui

- Advertisment -

Mais Populares

error: Conteúdo Protegido!