terça-feira, agosto 16, 2022
HomeRegiãoPolícia prende suspeito de ter assassinado menina de seis anos em Carapicuíba

Polícia prende suspeito de ter assassinado menina de seis anos em Carapicuíba

por: Redação

Homem, que tem um defeito no andar percebido pelas imagens de uma câmera de segurança, teve a identidade confirmada pela pai da criança, que o conhece

A Polícia Civil prendeu nessa terça-feira, 2/8, um homem identificado como Robson, suspeito de ter atirado 14 vezes contra Evandro Mingorance e ter matado sua filha Helena, de seis anos, na noite de sexta-feira, 29/8, em Carapicuíba.

Evandro e Helena estavam no carro do pai, parado diante da casa da mãe da menina, na rua Gaspar Silva, no Jardim Ariston, quando outro automóvel parou poucos metros adiante. Dele, desceu um homem, que caminhou até onde estavam pai e filha e disparou ao menos 14 vezes contra eles. A execução foi registrada por uma câmera de segurança próxima.

Helena foi atingida quatro vezes

Evandro foi socorrido e trazido para o Sameb, onde passou por cirurgias e depois foi transferido para o Hospital Municipal, onde ainda está internado. A menina, porém, alvejada quatro vezes, morreu quando também era levada para o pronto-socorro.

Na segunda-feira, 1º/8, um homem de 25 anos identificado apenas como Gustavo foi preso sob suspeita de ser o mandante. A polícia chegou a ele a partir de depoimentos de testemunhas. Ele tinha uma dívida inicial de R$ 65 mil com Evandro, ampliada para R$ 85 mil em razão do atraso de pagamentos de parcelas, e não estava conseguindo pagar.  A Justiça decretou a prisão temporária de Gustavo por 30 dias.

O primeiro suspeito detido negou ter participação no episódio e alegou estar num encontro familiar fora da cidade no momento do crime. A versão, no entanto, foi desmentida por testemunhas que alegam tê-lo visto muito nervoso em Carapicuíba pouco depois do horário da execução.

Já sobre o segundo suspeito, Robson, ao analisar as imagens gravadas a polícia identificou uma característica no caminhar dele, que manca de uma perna, o que resulta num andar característico. A cena foi mostrada a Evandro, que identificou o homem, conhecido seu e amigo de Gustavo. Ao ser preso, ele negou o crime, mas caiu em contradições que convenceram a Justiça a também decretar sua prisão temporária.

Agora, com as duas prisões, a polícia espera chegar ao motorista do veículo que levou Robson até o local do crime.

 

Postagens Relacionadas

Deixe sua resposta

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui

- Advertisment -

Mais Populares

error: Conteúdo Protegido!