sábado, dezembro 2, 2023
HomeCidadePolícia busca foragido acusado de matar ex-namorada na frente da filha

Polícia busca foragido acusado de matar ex-namorada na frente da filha

por: Redação

Compartilhe esta notícia!

O crime aconteceu no domingo. O agressor teria matado a ex-companheira por não aceitar a separação

jose-carlos
Acusado está foragido desde a noite do crime, 19/2. Fotos: Arquivo pessoal

José Carlos França, de 41 anos, acusado de matar a ex-namorada, está foragido desde a noite de domingo, 19/2, após ter atacado e matado Anna Rodrigues de Freitas, de 30 anos. O crime, que apresenta características de premeditação, foi cometido na casa da vítima, no Parque dos Camargos.

Segundo o Barueri na Rede apurou com uma amiga próxima da família, e irmã de criação de Anna, o acusado invadiu a casa da ex-namorada, e depois de tirado todas as lâmpadas da residência, aguardou a chegada dela, que estava na igreja.

Pelo relato de testemunhas, armado com uma faca, José Carlos, que é açougueiro, surpreendeu a vítima dentro de casa e durante uma discussão, ao tentar desarmar o invasor, Anna foi ferida com quatro golpes e um deles acertou seu coração. Ela chegou a ser socorrida mas não resistiu. O crime, que aconteceu às 19h40, teria sido cometido na frente da filha dela, de 11 anos.

O motivo do homicídio

anna
Anna sofreu emboscada dentro de casa

De acordo com informações dadas pela irmã de criação de vítima, que cresceu junto com ela no orfanato Santa Terezinha, em Carapicuíba, Anna namorou José Carlos por um ano, mas como ele começou a apresentar um comportamento agressivo, chegando a ameaça-la diversas vezes, ela decidiu terminar. Os dois estavam separados fazia um ano, mas ao saber que Anna estaria em um novo relacionamento, José Carlos não aceitou. Essa teria sido a motivação para o crime.

Familiares relataram que apesar do comportamento, o acusado nunca tinha agredido Anna, e por causa disso ela não via necessidade de prestar queixa à polícia.

Criada num orfanato

Órfã de pais, Anna foi criada no orfanato Santa Terezinha, junto com três irmãos de sangue. À medida que foram crescendo, os jovens foram deixando o local e mantiveram contato e uma relação bem próxima. Essa proximidade seria um dos motivos que impediram que durante o namoro, José Carlos agredisse a vítima – os irmãos eram bastante protetores.

procuradoAnna trabalhava no setor administrativo da prefeitura e a sua morte tem causado grande comoção. Amigos, pessoas que a conheceram no orfanato – e se consideram irmãos de criação dela – iniciaram uma mobilização nas redes sociais para tentar localizar José Carlos, que desde a noite do crime está foragido.

“Queremos justiça, ele precisa responder pelo que fez. A impunidade é o que motiva crimes como esse. Agora a história vai se repetir com a filha da Anna. Apesar da presença do pai, ela vai crescer sem a mãe”, desabafou Priscila Rodrigues, uma das irmãs de criação da vítima.

Na tarde de segunda-feira, o corpo de Anna permanecia no IML de Osasco aguardando liberação para que a família e amigos possam realizar o velório e enterro, que será no Cemitério de Barueri. Informações sobre o paradeiro do acusado podem ser passadas pelo Disque Denúncia ou para a Delegacia de Barueri pelos telefones 181 e 11-4198-1476, respectivamente.

 

Postagens Relacionadas

Deixe sua resposta

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui

- Advertisment -

Mais Populares

error: Conteúdo Protegido!