sexta-feira, junho 24, 2022
spot_img
HomeEsportePetrolina tem dificuldade, vence e é único invicto

Petrolina tem dificuldade, vence e é único invicto

por: Redação

Time do Mutinga fez 1 a 0 no América e segurou a liderança isolada. Ceará perdeu de virada para o Argentino Jrs e caiu na classificação

O Leões do Morro/Petrolina teve dificuldade para vencer o América neste domingo, 22/5, mas conseguiu a quarta vitória no Campeonato Amador de Futebol de Barueri, manteve a liderança isolada e agora é o único invicto da competição. O Ceará, que vinha na segunda colocação, foi derrotado de virada para o Argentino Jrs e perdeu o lugar para o Comunidade.

Em partida muito disputada, o Petrolina do Jardim Mutinga venceu pelo placar mínimo o América do Maria Helena, que jogou a maior parte do tempo com um jogador a menos. O América começou o jogo com nove jogadores, já que não havia atletas suficientes para completar o time, e logo no início quase sofre o primeiro gol em bola mal recuada pela zaga. A sensação de que seria um jogo tranquilo para o time do Petrolina não se concretizou, principalmente pela disposição da equipe do Maria Helena. Completando os onze em campo aos 14 minutos e exercendo forte marcação no meio campo, a equipe comandada por Giba impediu que seu adversário finalizasse a gol no primeiro tempo, armou vários contra-ataques com Carrara pela direta, e finalizou com perigo de fora da área com chutes de Jonas, aos 13, e Fernando, aos 20 minutos.

E teve aos 22 minutos, nos pés de Mu, a grande chance de sair na frente, depois de contra-ataque iniciado por Fernando e Jonas, com Rogério salvando o gol depois de o goleiro Leonel estar batido. Porém Mu sentiu uma fisgada na virilha ao 27 e saiu, deixando o time novamente com dez em campo.

petrolina1
No lance mais polêmico da partida, William toca o pé de Bocão ao ser driblado, mas a arbitragem não anotou o pênalti para o Petrolina/Foto Mário Trujillo

Na segunda etapa, logo aos 3 minutos, o zagueiro Alê abriu para o Petrolina, cobrando falta sofrida por Bocão na intermediária. Depois do gol, o que se viu foi uma partida de muita entrega do América, mesmo com dez em campo, adotando uma postura corajosa de jogar para a frente. O Petrolina teve então a oportunidade de esperar o contra-ataque, e colecionou chances perdidas, com Geninho, na cara de William aos 8, Danilo, para grande defesa do goleiro americano aos 14, e na jogada mais polêmica da partida, em que Bocão ignorou o fair play, invadiu a área, driblou William e foi derrubado. Pênalti não marcado pela arbitragem, aos 18.

O jogo seguiu nessa toada, com o América criando várias jogadas de ataque e pecando nas finalizações e a equipe do Mutinga disparando contra-ataques sem eficácia. Aos 38, Ri entrou e completou novamente onze para o América, que se jogou ao ataque, inclusive com o goleiro William, nos acréscimos, sem conseguir o gol de empate.

Argentino vence de virada

Em jogo pegado no Maria Helena, o Argentino Jrs bateu o vice-líder Ceará, de virada, por 2 a 1, e conquistou três pontos que o deixaram com a mesma pontuação do adversário. A partida começou truncada, com os dois times entrando duro em cada disputa de bola. Houve muita reclamação dos dois lados com a arbitragem, que queria jogo e deixava a bola rolar. Aos sete minutos, o técnico Léo, do Argentino, foi advertido verbalmente após reclamação um pouco mais acintosa.

ceará
Moisés invade a pequena área e toca por cobertura sobre o goleiro, abrindo a contagem para o Ceará. Mas em 12  minutos o Argentino virou o placar/Foto: Valter Klenk

Sem espaços pelo meio, os times tentavam avançar pelas laterais. O Argentino fazia marcação alta, pressionando a saída de bola. Mas, o Ceará, em trocas rápidas de passes, chegava mais ao gol. Aos 25 minutos, Moisés recebeu a bola, invadiu a pequena área e tocou por cobertura na saída do goleiro, fazendo Ceará 1 a 0.

Com o gol, o Argentino pareceu desorientado e a bola queimava nos pés. Porém, aos 31 minutos, uma bola afastada pela zaga virou um lançamento que alcançou Klauber. O atacante dominou, limpou o zagueiro e bateu firme no canto direito do goleiro, empatando a partida.
Aos 37, Douglas cobrou falta próximo à lateral esquerda, alçando a bola na área. A bola passou por todo mundo, pingou na frente do goleiro e foi morrer no fundo da rede. Era a virada. O jogo ficou tenso e em jogada dura da defesa do Argentino, houve trocas de empurrões e o árbitro expulsou Acácio do Ceará e Carlos Henrique do Argentino. Fim do primeiro tempo.

Veja como foi a rodada do futsal: Real Califa e Atlético Ufa: jogaço. Argentino Jrs: líder isolado

Se na primeira etapa o jogo foi bem disputado, na segunda, o Ceará alugou o campo do adversário mas, mesmo com mais espaço, tinha dificuldades em furar a defesa e, quando conseguia, errava a pontaria. O Argentino cozinhou o jogo, tocando bola e cadenciando. Ofereceu perigo nos contra-ataques, que pararam nas mãos do goleiro do Ceará. E, sem alterações no placar, o jogo terminou.

[sam_ad id=”12″ codes=”true”]

A quinta rodada, que será jogada apenas dia 5/6 por causa do feriado de Corpus Christi, no próximo fim de semana, reserva três partidas que devem mexer na parte alta da classificação: Vila do Sapo x Ceará, Argentino Jrs. x Ganga e Comunidade x Genoplastic.  

Quarta rodada futebol

Postagens Relacionadas
- Advertisment -

Mais Populares

error: Conteúdo Protegido!