domingo, junho 16, 2024
anuncio
HomeCidadeParalisia infantil: menos de 45% das crianças de Barueri foram vacinadas

Paralisia infantil: menos de 45% das crianças de Barueri foram vacinadas

por: Redação

Compartilhe esta notícia!

Baixíssima imunização contra poliomelite alerta para o risco da volta da doença, que pode matar. Campanha multivacinação vai até 30/9 nas UBS da cidade

As metas das autoridades da Saúde para imunização de crianças e adolescentes está longe de ser atingida. Apesar da campanha nacional de multivacinação, prorrogada até o fim de setembro, e dos alertas para o risco de que doenças que podem atingir o público infantil, como a poliomielite – também conhecida como paralisia infantil – os números revelam que menos da metade das crianças foi vacinada.

Dados da Secretaria Estadual de Saúde, pedidos pelo Baruei na Rede, mostram que apenas 44,7% das crianças entre 1 a 4 anos de idade foram vacinadas na cidade, o que corresponde a 7.983 doses aplicadas contra poliomielite nos pequenos baruerienses. Os números alertam para o risco de que esse público possa ser acometido pela doença, que causa fraqueza muscular e progressiva, fadiga, dores musculares e nas articulações, resultando em uma diminuição da capacidade funcional e/ou no surgimento de novas incapacidades. Em alguns casos, se a paralisia muscular atingir o sistema respiratório pode matar.

A baixa cobertura vacinal pode ser uma porta para que a doença volte a circular. Em todo o Estado, 40,8% das crianças entre 1 e 4 anos foram imunizadas contra a poliomielite, com mais de 969 mil doses aplicadas. A doença, erradicada no Brasil em 1994, é causada por vírus e o controle é feito por meio da vacinação. Entre os países das Américas, o Brasil é o segundo com maiores riscos de ter a volta da paralisia infantil. O alerta foi reiterado pela Organização Pan-Americana de Saúde (Opas).

Imunização

A Secretaria de Estado da Saúde reforça a importância da vacinação e informa que está em andamento a Campanha de Multivacinação e contra a Poliomielite, até 30/9. Os responsáveis por crianças e adolescentes para a campanha devem levá-los aos postos de imunização com a caderneta para que os profissionais da Saúde confiram se ela está em dia.

Em Barueri, as UBS da cidade estão aplicando os imunizantes, das 8 às 16 horas – com variação de atendimento de cada unidade – e disponibilizando também vacinas contra difteria, tétano, coqueluche, sarampo, hepatite A e B, tuberculose, febre amarela. Para a imunização é preciso apresentar a caderneta de vacinação, assim como documento de identificação com foto.

Como algumas UBS estão atendendo em endereços provisórios, a prefeitura de Barueri disponibilizou os horários e locais de cada unidade de saúde do município. Confira AQUI a relação de onde e quando vacinar as crianças e adolescentes.

Postagens Relacionadas

Deixe sua resposta

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui

- Advertisment -

Mais Populares

error: Conteúdo Protegido!