sábado, abril 20, 2024
anuncio
HomeCidadeMorre Gilberto Branco, parnaibano, barueriense, pioneiro da informática no Brasil

Morre Gilberto Branco, parnaibano, barueriense, pioneiro da informática no Brasil

por: Redação

Compartilhe esta notícia!

Gil lecionou na rede pública e foi da primeira geração de profissionais de tecnologia da informação do país

Morreu na noite de sábado, 21/10, aos 77 anos, em decorrência de complicações renais e cardíacas. José Gilberto Machado Branco, o Gil, ex-professor, ex-funcionário da prefeitura de Barueri e membro da primeira geração de profissionais de informática do país.

Gilberto tinha 77 anos

Gilberto nasceu em Santana de Parnaíba como caçula de oito irmãos de uma família antiga da cidade. Depois de estudar em colégio católico, formou-se em matemática na USP nos anos 1960.

Passou a dar aulas na rede estadual, com destaque para a escola Vicente Themudo Lessa, em Jandira, onde conheceu Lucila Viero, também professora ali. Eles se casariam em 1973 e desde 1975 moravam em Barueri.

Pouco depois, ele iria migrar para a área de computação, que estava começando no Brasil, quando foi contratado para trabalhar na Prodam, empresa de tecnologia da informação da capital. Nunca mais deixou a área, atuando como programador em empresas bancárias e na prefeitura de Barueri, onde permaneceu por 27 anos.

Bem-humorado, generoso, Gilberto nunca deixou de ser professor, apoiando o crescimento de seus colegas de trabalho. Corintiano fanático, seu desejo era ser sepultado com o uniforme do time do coração.

Além da viúva Lucila, Gil deixa os filhos Renata e André e os netos Beatriz e Juliano.

Seu corpo será velado no cemitério de Barueri do meio-dia às 15h30 do domingo, 22/10, e será sepultado no jazigo da família, em Santana de Parnaíba, às 17 horas.

 

Postagens Relacionadas

Deixe sua resposta

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui

- Advertisment -

Mais Populares

error: Conteúdo Protegido!