quinta-feira, junho 13, 2024
anuncio
HomeCidadeVizinhos de condomínio reclamam de som de casa de shows

Vizinhos de condomínio reclamam de som de casa de shows

por: Redação

Compartilhe esta notícia!

Vizinhos dizem que Rock’n’Speto produz volume excessivo e que reclamaram na GCM e na prefeitura, mas não tiveram apoio. O bar garante obedecer as normas

Moradores do condomínio Inspire reclamam há meses do som do bar Rock’n’Speto, alegando que o volume excede o permitido e que o estabelecimento não cumpre o horário de fechar. O conjunto de prédios fica na avenida Henriqueta Mendes Guerra, entre o Jardim São Pedro e o Jardim Belval, e a casa de shows na avenida 26 de março, na mesma altura.

Segundo afirmam os condôminos, a atividade no bar começa na quinta-feira com apresentações em alto som e vai até o fim de semana. Eles dizem que já ligaram para a GCM várias vezes mas a Guarda nunca tomou nenhuma atitude. “Não podemos ficar com as janelas abertas ou na sacada porque o barulho é demais”, diz um dos vizinhos. “O local está do outro lado da rua, mas parece que é dentro do condomínio.”

Os moradores também registraram queixas no AppBarueri, aplicativo da prefeitura, e receberam como resposta a promessa de que a situação seria averiguada, mas de acordo com eles, nada foi feito.

O Barueri na Rede procurou a administração municipal, por meio da Secretaria de Comunicação (Secom), e apresentou todas as queixas. Afirmou que os moradores já no final do ano passado acionaram as autoridades policiais para averiguar e não houve nenhuma ação.

O jornal perguntou ainda se a lei de perturbação do sossego não atende esse tipo de situação e se haveria algum motivo para que as solicitações dos moradores não tivessem sido respondidas. Até o fechamento desta reportagem, no entanto, o site não recebeu nenhuma explicação.

O BnR procurou também a direção do Rock’n’Speto. A assessoria do bar disse que não recebeu nenhuma queixa ou notificação sobre o volume do som. Afirmou que desde que a casa é um pub, com música ao vivo, e justamente por isso, não pratica volumes altos, sempre mantidos dentro dos padrões legais. Acrescentou que os shows nunca passam das 22 horas, inclusive aos sábados.

O estabelecimento afirma que há duas semanas passou por vistoria da GCM e não foi feita nenhuma observação sobre não cumprimento das normas de funcionamento. Ainda assim, comprometeu-se a testar e avaliar o volume do som.

Postagens Relacionadas

Deixe sua resposta

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui

- Advertisment -

Mais Populares

error: Conteúdo Protegido!