sexta-feira, junho 14, 2024
anuncio
HomeCidadeLinhas chilenas fazem mais uma vítima na região do ginásio José Correa

Linhas chilenas fazem mais uma vítima na região do ginásio José Correa

por: Redação

Compartilhe esta notícia!

Ciclista teve o pescoço cortado por linha de pipa quando passava pela área no sábado. Ele teve de levar dez pontos

Dinho Rocha foi socorrido pela GCM e precisou ser atendido no Pronto Socorro Central (Sameb)

Um homem sofreu um corte no pescoço na tarde de sábado, 11/9, provocado por uma linha de cerol usada por alguém que empinava pipa na área entre o ginásio José Correa e a Praça dos Estudantes, no centro da cidade.

Dinho Rocha, de 42 anos, pedalava pela avenida, por volta das 16 horas, quando percebeu que a linha passou pelo seu peito e, com o avanço da bicicleta, subiu para a altura de seu pescoço, provocando um corte profundo. Ao perceber o que tinha acontecido, o ciclista tentou parar bruscamente, caiu na bicicleta e se feriu no joelho. Foi nesse momento que percebeu o corte de um lado a outro do pescoço.

Ele foi socorrido por uma viatura da GCM que fazia patrulhamento no local e contou com a ajuda de outras pessoas. Outro rapaz tirou a camisa e a usou para estancar o sangue. Dinho foi levado ao Pronto Socorro Central (Sameb), onde recebeu atendimento e precisou levar dez pontos no local do corte. “O médico disse que eu tive muita sorte, pois por pouco minha veia não foi atingida e, se isso tivesse acontecido, eu teria morrido”, conta ele.

Hemorragia foi estancada com ajuda de uma rapaz que passava pelo local

Nessa segunda-feira, Dinho publicou o caso nas redes sociais, com uma foto em que se vê o curativo em seu pescoço e imagens de sua camiseta ensanguentada. A postagem viralizou, alcançando milhares de pessoas e recebendo quase 300 comentários até a noite.

No texto, ele agradece as pessoas que o ajudaram e afirma que poderia ter morrido. Entre os comentários, muitos reclamaram da liberdade que os jovens têm para empinar pipas usando linha de cerol, também conhecida como linha chilena, e alertando para o risco de acidentes graves ocorrerem. “Qualquer dia desses vai acontecer uma tragédia anunciada”, afirmou Dinho.

Normalmente, jovens se utilizam do espaço entre o ginásio de esportes, a Praça dos Estudantes e a área ao lado da Câmara Municipal para soltar pipas. Aos fins de semana, no entanto, eles convivem com milhares de pessoas que procuram o local para o lazer.

São frequentes as cenas em que passam correndo entre famílias e crianças que frequentam o local. Também atravessam em grupos a avenida Guilherme Perereca Guglielmo, entre os carros, obrigando os motoristas a manobras e freadas bruscas para evitar atropelamentos. No local, é comum a circulação de crianças e adolescentes andando de bicicleta e patim e recentemente um menino se cortou com a linha chilena.

O Barueri na Rede recebe regularmente queixas de moradores que se sentem incomodados e relatam problemas que tiveram na área. Eles reclamam tanto da forma como os jovens trafegam no espaço de lazer, chocando-se com as pessoas enquanto correm, mas também temendo o risco provocado pelas linhas cortantes. Vários casos de acidentes foram relatados ao BnR.

Os empinadores de pipa também já provocaram vários danos ao teto do ginásio José Correa. Em 2019, a partida entre Barueri e Osasco, válida pela final do campeonato paulista de vôlei, foi interrompida por causa de vazamentos que impediram a continuação da partida. O jogo estava sendo transmitido para todo o país.

Na época, a prefeitura culpou os empinadores de pipa que subiam no ginásio. Eles seriam os responsáveis pelos danos nas telhas. A gestão então afirmou que reformaria o teto do José Correa com urgência, mas a obra só está sendo realizada agora, três anos depois.

Para coibir a prática do uso de linhas chilenas foi criada uma lei que estabelece punições aos infratores, mas a regra não é seguida nem há fiscalização por parte da GCM, que patrulha o local regularmente aos domingos.

Postagens Relacionadas

Deixe sua resposta

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui

- Advertisment -

Mais Populares

error: Conteúdo Protegido!