quinta-feira, abril 18, 2024
anuncio
HomeRegiãoEstudante denuncia agressão de agentes em estação: "Quem disse que neguinho faz...

Estudante denuncia agressão de agentes em estação: “Quem disse que neguinho faz faculdade?”

por: Redação

Compartilhe esta notícia!

Universitário do curso de Direito foi abordado por seguranças da ViaMobiolidade no terminal de Presidente Altino. Ele teria sido confundido com um pixador

Um estudante de 26 anos, que cursa Direito em Osasco acusa agentes da ViaMobilidade de agressão ao ser confundido com um pixador. Segundo o relato de Sandro Irineu de Lira Filho, ele tinha acabado de deixar a estação Presidente Altino na terça-feira, 11/10, à caminho da faculdade Unifeo, em Osasco, quando foi abordado por um homem, identificado como Robert Roney Guimarães, e recebeu voz de prisão. “Acho que ele me confundiu com alguém. Eu disse que estava indo para a faculdade e ele me respondeu que ‘mas quem disse que neguinho favelado faz faculdade?'”, segundo o boletim de ocorrência feito pela vítima, o agente ainda teria dito que “aqui não é Cuba, para você fazer o que quiser”.

O universitário ainda relatou que após ser abordado, foi levado para dentro da estação, onde, contido pelo pescoço e braços, foi rodeado por seguranças do terminal, administrado pela ViaMobilide, e cercado pelos homens, que o acusavam de ter pixado o muro. “Não me perguntaram nada, me colocaram de braços pra trás e me jogaram no chão para que eu não pudesse pegar meu celular e ligar para a polícia”, relatou Sandro em entrevista ao site UOL.

As agressões teriam continuado. “Me trataram como um marginal, não deixaram eu explicar nada. Fui deslegitimado, fizeram um cordão humano”, contou. Um dos agentes ainda teria ameçado Sandro, e afirmando que se ele passasse no local novamente, seria morto. O estudande registrou queixa na 5ª Delegacia de Polícia de Osasco.

Ao site Osasco Notícias, por meio de nota, a ViaMobilidade negou as acusações de agressão por parte dos agentes. Já a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo afirmou que todos foram ouvidos e que foi solicitado exame de corpo de delito à vítima para que o processo seja elaborado e as investigações sejam feitas.

Postagens Relacionadas

Deixe sua resposta

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui

- Advertisment -

Mais Populares

error: Conteúdo Protegido!