terça-feira, abril 16, 2024
anuncio
HomeGerson PedroEntre uma falação e outra, vereadores aprovam terceirização da Praça das Artes...

Entre uma falação e outra, vereadores aprovam terceirização da Praça das Artes em silêncio sepulcral

por: Redação

Compartilhe esta notícia!

Gerson Pedro está de volta com a espada afiadíssima. Além de perrengues e batebafos da câmara, ele destaca a concessão do novo teatro municipal

De volta à ativa e com “ sangue no zoio”

Pois é, amados leitores, depois de um longo e tenebroso verão cheio de chuvas, inundações, raios e trovões estamos de volta com essas mal traçadas linhas, para

discorrermos sobre as atividades ou a total inatividade dos nossos mui dignos representantes eleitos com os votos de expressivo número de brasileiros, embora cá entre nós, muitos desses “tais eleitos” não deveriam, em hipótese nenhuma (o grifo é nosso) estar ocupando tão importantes cargos em prefeituras, assembleias legislativas senado e os cambaus… entendedores entenderão. Bão, mas a vontade do povo é soberana né! (risos discretos)

Lá no Parlamento 26 de Março

Os insignes representantes do povaréu barueriense, devidamente acomodados no Palácio 26 de Março aprovaram sem sequer um resquício de discussões a mensagem de numero 04/23 enviada pelo prefeito Rubens Furlan que, pasmem senhoras e senhores, permitirá, por força de lei, que a municipalidade passe para a iniciativa privada grande parcela da recém-inaugurada Praça das Artes, que já estava se tornando a cereja do bolo dos orgulhosos moradores da cidade.

Será um longo reinado de 30 anos

A tal concessão que evidentemente foi aprovada quase que por unanimidade pelos ínclitos representantes do povo, com um único voto contrário do vereador Leandrinho Dantas (PRTB), terá a duração de 30 anos. Isso mesmo, amados leitores, a Praça das Artes na sua quase totalidade vai ficar nas mãos da iniciativa privada por 30 longos anos. Consta que essa iniciativa dará direito a esses concessionários de deitarem e rolarem na operação, manutenção e gestão dessa grandiosa obra de cerca de 22 mil metros quadrados que recebeu a assinatura do renomado arquiteto Rui Ohtake!

Foi um silêncio profundo

Se por acaso o escritor Thomas Harris (O silêncio dos inocentes) estivesse assistindo à gloriosa sessão legislativa no portentoso Parlamento 26 de Março, onde na verdade muito pouco se “parla” nos momentos em que se necessita de fato “parlar” pela boca e não pelos cotovelos, com certeza ele escreveria uma outra obra com o título “O silêncio dos nobres edis inocentes”. Há,há,há!

Mas teve um que falou

Embora a grande massa que representa o povo tenha ficado calada, muda, entorpecida, aparentemente amordaçada, eis que à maneira impávido colosso, uma voz surgiu das calendas gregas e de forma ainda que tímida e claudicante, partiu em defesa da medida. Inclusive a comparando à concessão que também foi feita do “elefante branco” que é o Estádio Municipal, a tão cantada em versos e prosa “Arena Barueri”, que recentemente passou pelo mesmo processo de terceirização para gáudio de nós, simples mortais. Falo aqui do vereador barueriense Rafa, que ao defender a medida de terceirização da Praça das Artes, fez uma comparação com a Arena que, segundo ele, tinha uma despesa mensal na ordem de 500 mil reais. Minha nossa, isso era muito dinheiro indo pelo ralo. Bem, a nós resta apenas esperar os resultados e torcer para que tudo dê certo.

Nem sempre terceirizar é a solução

Pelo menos quem pensa dessa forma é o não menos nobre vereador Rodrigo Rodrigues, que sempre que pode, desce a madeira nas terceirizações que já foram feitas no setor da saúde, especialmente nas que cuidam dos pronto-socorros, que deixam muito a desejar e são alvos constantes de reclamações por parte de quem se utiliza de tais serviços. Para o nobre edil, que sempre faz questão de deixar claro que é um político iluminado pelo “criador” etecetera e coisa e tal, transformando a tribuna numa espécie de púlpito para pregações políticas permeadas de citações religiosas dúbias, o pronto-socorro do Jardim Mutinga funciona muito bem, especialmente pelo fato de não ser terceirizado.

E já que falamos do Rodrigo

E o nobiliárquico representante do povo da Flor Vermelha que Encanta não poupou rasgados elogios ao vice-prefeito Roberto Piteri que, segundo as línguas de Mathildes, está cotado de fato para ser o candidato à sucessão do atual prefeito Rubens Furlan no próximo pleito que se aproxima celeremente. O edil, quero crer que todos se recordam, bateu forte no prefeito por ocasião da última eleição, na qual foi candidato a deputado, e agora parece estar mais apaziguado e encheu literalmente a bola do vice-prefeito e secretário de obras. Hummmmmm.

Deu mais porradas

O vereador Rodrigo, assim meio que incorporado num Jiraya, aproveitou o ensejo e enfiou a agulha sem piedade em algumas figuras provavelmente do seu bairro, que segundo as suas palavras, por falta de coisas melhores para fazer, e que evidentemente querem ser candidatos a cargos eletivos, ficam fazendo futricas envolvendo seu nome. (risos discretos). Numa dessas o representante do povo meteu bronca até mesmo no secretário do meio ambiente de Barueri, o popular Bidu. “Querem me derrubar” disse ele, mas, segundo suas próprias palavras, não irão conseguir porque quem lhe deu o

mandato foi Deus. Hi,hi,hi”

Mais alfinetadas

Se os amados leitores pensam que a série de alfinetadas se resumiu ao vereador Rodrigo, estão redondamente enganados. O neo-edil Hélio Jr, também foi à tribuna para alfinetar pessoas que, segundo as suas próprias palavras, ficam produzindo certos “dossiês” para quem sabe num futuro bem próximo se candidatarem aos cargos de vereadores, prefeitos ou afins. Minha Nossa Senhora da Escada, o “baguio” já está ficando louco, pois quem está no cargo não quer sair e quem quer entrar fica morrendo de inveja e não se importa sequer de se utilizar de metodologias menos ortodoxas para conseguir os seus intentos. “ Cruz credo, a coisa já está ficando igual aquela música Piston de Gafieira de Billy Blanco, ou seja, um verdadeiro balaio de gatos.

Hélio Jr não deu mole

Visivelmente contrariado com a atitude de certas figuras que o estão atazanando ao sagrado e pudico, e nada conspurcado cenário político local (sic), ao que tudo indica com aleivosias ferinas, o edil os classificou de nojentos e de figuras não dignas de crédito. “Eu vejo hoje essa covardia de muitas pessoas que estão próximas da gente que querem ser vereadores, mas não querem trabalhar. Isso é ridículo, chega a ser nojento, essas pessoas são caras de pau. “ Curuzes, o vereador disse isso dentre outras coisas, mas falou, apontou, debulhou, porém não deu os nomes das figuras ou da figura envolvida. Vereador, o povo quer saber, dê nomes aos bois!

Está cercado de pessoas ruins

O considerado vereador do PTB Reinaldo Campos, que atualmente não perde a oportunidade de fazer uso da tribuna durante as explicações pessoais, também aproveitou o ensejo para exacerbados elogios ao vice prefeito Roberto Piteri e, em dado momento do seu discurso, dirigiu-se textualmente ao ex-prefeito Gil Arantes, que diariamente vem arregimentando pessoas ao seu redor visando, segundo a boca pequena, disputar novamente o cargo a prefeito nas próximas eleições. “O Gil tem se cercado de pessoas ruins”, disse ele com todas as letras, e garantiu que seu voto será para o candidato que for apoiado pelo prefeito Furlan.

Crise no clube da Luluzinha

Pelo visto, as coisas não estão correndo muito bem entre as senhoras vereadoras que detém os mandatos em Barueri, pois segundo depoimentos de algumas delas as mesmas não estão sendo aceitas por uma parcela das eleitoras da cidade. Um exemplo disso foi a manifestação da vereadora Tânia no transcurso da última sessão legislativa, onde ela fez uso da tribuna para lamentar as críticas que são feitas a elas nas redes sociais, especialmente por mulheres, dizendo inclusive que as nobres vereadoras não as representam. Na mesma linha de lamentações com relação às mulheres que aparentemente não as aceitam como legítimas representantes da classe, seguiu a também vereadora Cris da Maternal, que teceu críticas àquelas que ficam apontando defeitos. É, eu acho que a mulherada tem que se afinar mais, mas nunca é demais lembrar Nelson Rodrigues quando disse que toda unanimidade é burra. (risos discretos)

Beto Piteri no Republicanos?

Pois é, amados leitores, pelo menos foi mais ou menos isso que disse o impávido vereador Wilson Zuffa, pois se depender dele que se ufana de peito aberto de pertencer a esse partido que qualifica como sendo sério, comprometido, grande etcetera e coisa e tal (palavras dele), o presidente nacional da legenda, Marcos Pereira, vai marcar um regabofe com o prefeito Rubens Furlan e com o vice Beto Piteri e na ocasião vai convidar Piteri para se filiar à agremiação.. Mas cá entre nós, a minha expertise está dizendo que salvo melhor juízo, tem gente desse partido que está de olho sondando a possibilidade de ser candidato a vice-prefeito de Beto Piteri por ocasião das próximas eleições. Vamos aguardar, mas o tempo dirá, pois ninguém dá ponto sem nó.

Foi um período amargo

Foi um período amargo”. Foi exatamente com essas palavras que o vereador Wilson Zuffa se referiu ao período que o prefeito Rubens Furlan não governou Barueri nos seus quase cinquenta anos de vida pública. Embora não tenha citado diretamente o nome de ninguém, ele deixou nas entrelinhas que se referia ao período em que Gil Arantes governou a cidade. ”Não podemos permitir que esse período amargo volte, essa história não se apaga. Não estou falando de pessoa, mas foi um péssimo período, não vamos voltar, é uma questão de inteligência.” Chiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii!

Homenagem ao Femupo

Como nem tudo está perdido nesse vale de lágrimas que é o mundo político, por iniciativa do vereador Thiago Rodrigues, líder do prefeito Rubens Furlan na câmara municipal de Barueri, foi feita uma justa homenagem ao cinquentenário do Festival de Música Popular Brasileira (Femupo), que começou lá pelos idos de 1973 e perdura até os dias de hoje. Sendo considerado um dos mais importantes festivais do gênero no Brasil, dessa forma coloca o nome da cidade em destaque. Várias personalidades que no decorrer de longos anos se destacaram à frente desse importante evento foram homenageadas com diplomas e dessas destacamos o nossos particulares amigos Getúlio Fogaça de Azevedo, Dario Steller, Mauro Petrelli, P. Barros, Carlos Cavazza, Hélio de Oliveira e Jorge Albuquerque (Jorginho), dentre outros. Meus parabéns.

Postagens Relacionadas

Deixe sua resposta

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui

- Advertisment -

Mais Populares

error: Conteúdo Protegido!