domingo, junho 16, 2024
anuncio
HomeCidadeChuva derruba muro de escola do Jardim Audir e coloca alunos em...

Chuva derruba muro de escola do Jardim Audir e coloca alunos em risco

por: Redação

Compartilhe esta notícia!

Pais e mães de crianças da Emei Thomaz Vitoria Rodrigues dizem que alertam para as más condições do prédio há mais de um ano

A chuva de domingo, 12/2, derrubou parte do muro da Emei Thomaz Vitoria Rodrigues, no Jardim Audir, num dos pontos onde o transporte escolar desembarca as crianças. A Secretaria de Educação suspendeu as aulas a partir dessa segunda-feira até que o problema seja resolvido.

O acidente causou preocupação e revolta entre os pais. “Imagina se isso tivesse ocorrido num dia de semana. Poderia ser uma tragédia”, contou uma mãe ao Barueri na Rede. “Não é por falta de alerta, pois estamos cobrando atitude da prefeitura há mais de um ano para as péssimas condições da escola, que tem paredes rachadas, reboco solto, instalações em estado precário”, relatou um pai.

Muro caiu no local onde o transporte escolar desembarca as crianças

De acordo com os familiares, o prédio da Emef apresenta problemas estruturais há tempo. No início de 2020 circulou nas redes sociais informação sobre a precariedade nas condições da escola e uma lista de problemas encontrados que, entre outras coisas, citava rachaduras no muro e nas colunas, infiltrações, fios e ferros aparentes e canaletas entupidas.

Pelo menos desde meados do ano passado, os pais vêm recebendo promessas de reforma do local. “Já passou da hora, está claro que o Thomaz não tem condições de receber crianças com segurança”, diz um pai. “Vão esperar acontecer uma tragédia?”

De acordo com duas mães, no fim de ano passado elas foram informadas de que já havia uma licitação em curso para demolição da escola e construção de uma nova.

O Barueri na Rede procurou a prefeitura, por meio da Secretaria de Comunicação (Secom), perguntando que providências estão sendo tomadas, quando as crianças voltarão às aulas e se há condições de segurança para receber os estudantes.

Também informou que os pais se queixam que há mais de um ano vêm alertando para as condições precárias do prédio e que recebem respostas evasivas sobre a intenção de demolição do edifício para construção de outra escola.

A Secom respondeu apenas que “a prefeitura já está providenciando todos os reparos necessários para oferecer total segurança aos estudantes e equipe de funcionários. O retorno dos alunos acontecerá ainda esta semana.”

Durante a tarde, os pais receberam informe da prefeitura dizendo que as aulas continuam suspensas e que os alunos deverão ser acomodados em outro local.

Postagens Relacionadas

Deixe sua resposta

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui

- Advertisment -

Mais Populares

error: Conteúdo Protegido!