sexta-feira, abril 19, 2024
anuncio
HomeCidadeCaso de estupro em pleno centro do Belval provoca medo na população

Caso de estupro em pleno centro do Belval provoca medo na população

por: Redação

Compartilhe esta notícia!

Região em torno da estação da ViaMobilidade tem pontos escuros que permitem que criminosos se escondam para atacar vitimas

Um caso de estupro acontecido na noite de domingo de carnaval, 11/2, próximo da estação da ViaMobilidade do Jardim Belval, está provocando medo no bairro. A região onde houve o crime é escura, fica deserta a partir de um certo horário e é propícia para ação de criminosos. Já foram registrados episódios de assaltos na área.

No caso da violência sexual, uma jovem voltava à noite do trabalho quando foi atacada entre o ginásio de esportes e o Museu Municipal, um ponto de mata, por um homem conhecido por moradores. Ele foi contido logo em seguida por pessoas que passavam perto e o agrediam quando houve a intervenção de uma equipe da Guarda Municipal que fazia patrulhamento na área.

O criminoso foi levado para a Delegacia Central, onde foi feito o boletim de ocorrência e lavrado o flagrante. Ele está preso sob acusação de crime sexual em prisão preventiva, quando não há previsão de soltura. A vítima passou por atendimento médico e esteve internada.

O crime tem provocado medo e aprofundou a questão da segurança no local do ataque. As pessoas que chegam ao bairro ou se dirigem à estação tem de passar por áreas mal iluminadas. Uma delas, é o ponto onde houve a violência sexual. Outro é sob o viaduto que passa sobre a ferrovia.

Carretas ao lado do muro da ViaMobilidade criam áreas escuras que servem de esconderijo para criminosos

 

Neste caso, além de ser um ponto escuro, caminhoneiros usam a área como estacionamento, junto ao muro da ViaMobilidade, criando um corredor onde criminosos se escondem para agir. São comuns ações de ladrões e o Barueri na Rede já publicou reportagens contando episódios desse tipo.

Moradores do bairro procuraram as autoridades para se queixar das carretas estacionadas ali. Ouviram da Guarda Municipal que o problema tem de ser resolvido pelo Demutran, que afirma que os caminhões não atrapalham o trânsito.

Segundo relatos, havia uma placa indicando proibição de estacionamento que foi arrancada pelos carreteiros e nunca foi reposta pelo Demutran.

 

Postagens Relacionadas

Deixe sua resposta

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui

- Advertisment -

Mais Populares

error: Conteúdo Protegido!