domingo, junho 23, 2024
anuncio
HomeEm destaqueCandidatura de Furlan ao governo do estado é ponto alto de encontro...

Candidatura de Furlan ao governo do estado é ponto alto de encontro com Alckmin

por: Redação

Compartilhe esta notícia!

Evento que reuniu centenas de pessoas no sábado na Praça das Artes formalizou a ida do prefeito ao partido do vice-presidente da República

Aliança com Geraldo Alcmin e Lula era única chance de salvar a democarcia brasileira, segundo Furlan

A possibilidade de Rubens Furlan disputar o governo do estado em 2026 foi o ponto alto do evento realizado sábado, 17/6, na Praça das Artes, para formalizar a transferência do prefeito para o Partido Socialista Brasileiro (PSB).

O encontro contou com a presença do vice-presidente da República, Geraldo Alckmin, do ministro de Portos e Aeroportos, Márcio França, de deputados e prefeitos das cidades da região e recebeu centenas de pessoas.

Logo no início da cerimônia, Rubens Furlan Filho, o Rubinho, em seu discurso afirmou que o momento indicava o início de um novo momento na carreira política do pai, que incluía a disputa ao posto de governador em 2026. A afirmação foi feita na presença de Márcio França, ex-governador do estado, liderança nacional do partido e que seria um postulante natural ao cargo.

Outro ponto forte das falas dos presentes foi a explicação dos motivos que levaram Furlan a apoiar Lula na campanha eleitoral de 2022 e de agora transferir-se para o partido do vice-presidente, portanto, alinhando-se com o governo petista.

Furan formalizou filiação ao PSB

Ao discursar, Furlan enfatizou que o pleito do ano passado era fundamental para a manutenção da democracia no país. Sem citar o ex-presidente Jair Bolsonaro, ele disse que o país caminhava para uma ditadura. Por isso, era fundamental apoiar Lula.

A insistência no tema deve-se ao fato de que boa parte dos eleitores fiéis de Furlan são contrários ao PT e não gostam do presidente Lula. Essa parte do eleitorado tem demonstrado insatisfação com as decisões recentes do prefeito, desde que ele divulgou um vídeo em outubro fazendo o “L”, símbolo da campanha do petista.

Em sua fala, o prefeito se referiu várias vezes a Alckmin como “presidente” e afirmou que o governo federal tem como desafio reconstruir o país e a democracia e que o vice-presidente tem papel fundamental nesse propósito.

Postagens Relacionadas

Deixe sua resposta

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui

- Advertisment -

Mais Populares

error: Conteúdo Protegido!