terça-feira, maio 17, 2022
HomeCidadeBarueri, a cidade onde falta água mas tem chafariz por toda parte

Barueri, a cidade onde falta água mas tem chafariz por toda parte

por: Redação

Sabesp não falha. O BnR fez um levantamento: dia sim, dia também há vazamentos por toda a cidade. E em todas as noites, cortes no abastecimento

Literalmente todos os dias o Barueri na Rede recebe queixas, pedidos de ajuda e desabafos sobre o desperdício de água causado por vazamentos por toda cidade. Na esmagadora maioria das vezes, os leitores argumentam, e provam, que acionaram a companhia e nada foi feito.

Recentemente, um motociclista ficou ferido ao cair num buraco no asfalto no Parque Viana, precisando ser atendido pelo resgate do Corpo de Bombeiros. Antes disso, o BnR publicou diversas matérias sobre vazamentos de água e também sobre a falta do item nas torneiras de casas de moradores de vários bairros – cortes por conta da política de redução de pressão da Sabesp e falta sem explicação por dias a fio.

Em 12/2, bairros como o Jardim Reginalice, Pindorama, Jardim Paulista, Recanto Phryneia, Jardim Júlio e Parque dos Camargos chegaram a ficar cinco dias sem água. À época, a Sabesp alegou que um vazamento de água na rede de distribuição na Via Taboão, altura do número 228, reduziu a pressão de água na região. No dia 4/3, o BnR publicou que, novamente, o Reginalice passava pelo mesmo problema e a companhia não deu motivos para o corte.

Vazamento, que segundo a empresa tratava-se de manutenção, na rua da Prata//Fotos: arquivo pessoal – leitores BnR

Já quando se trata de vazamentos, além do chafariz, visto na rua da Prata em 20/3, o Barueri na Rede reuniu, em dois dias, 12 pontos com problemas causados pelo rompimento de tubulações por praticamente todas as regiões da cidade. Em todos, os moradores afirmam que já comunicaram a Sabesp e nada foi feito – em nenhum deles o tempo em que a água está sendo desperdiçada é inferior a um mês. A Sabesp não respondeu ao site sobre nenhum dos 12 casos.

Em geral, os leitores só procuram o BnR após diversas tentativas de resolver os problemas diretamente com a companhia. Só após ser cobrada pelo jornal, em alguns casos, são enviadas equipes para fazer os reparos. Esse comportamento é reprovável, porque a Sabesp deve atendimento de qualidade e imediato aos consumidores e não apenas quando se sente impelida por veículos de comunicação.

Buraco causado por vazamento no Parque Viana. Após contato do BnR, companhia consertou o vazamento mas não a dano na calçada

Foi o que aconteceu quando uma leitora, após registrar quatro reclamações no atendimento e uma na Ouvidoria sobre um buraco na calçada causado por vazamento de água. Ela procurou o BnR e enquanto ‘averiguava’ a situação para responder ao email do jornal, a companhia mandou uma equipe de reparos para o local, que fica na rua Seringueira, no Parque Viana. Poucas horas após o questionamento do portal, a moradora enviou mensagem dizendo que a tubulação havia sido concertada e que a empresa prometeu o reparo da área danificada para uma semana.

Pouco antes da publicação desta reportagem, a mesma leitora nos procurou pedindo ajuda novamente. “Referente à Sabesp. Eles vieram aqui dia 14/4 para arrumar o vazamento e até agora não vieram tampar o buraco. Está juntando muitos insetos no buraco. Temos crianças no quintal e até mesmo um idoso cadeirante”, revelou a moradora, receosa com os riscos que a família pode estar correndo.

Dia sim, dia também

Enquanto esta matéria era apurada, um leitor gravou um vídeo, de uma série de três, mostrando a evolução de um vazamento que virou um chafariz no meio da rua Turmalina, no Jardim dos Camargos. Abaixo, veja os registros das fases do rompimento da tubulação, feitos pelo morador Gabriel Augusto e enviados ao BnR.

 

 

Postagens Relacionadas

Deixe sua resposta

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui

- Advertisment -

Mais Populares

error: Conteúdo Protegido!