terça-feira, maio 17, 2022
HomeCidadePipas com cerol: prefeitura garante patrulhamento para coibir uso no José Correa

Pipas com cerol: prefeitura garante patrulhamento para coibir uso no José Correa

por: Redação

Em nota envidada ao BnR, administração reafirma proibição do uso do acessório, mas ressalta que a prática da atividade não é irregular

Após a publicação da reportagem sobre uma criança que ficou ferida no pecoço por linha de pipa enquanto estava com a mãe na Praça dos Estudantes, em frente ao Ginásio José Correa, a prefeitura se manifestou por meio de nota.

O acidente aconteceu no último domingo, 24/4, quando Arthur, de seis, anos, estava parado esperando que mãe a colocasse a bicicleta dele em cima da calçada da praça e uma linha de pipa com cerol passou por seu pescoço, causando um corte. Após o ocorrido, Cláudia Garasi, mãe da criança, entrou em contato com o Barueri na Rede para relatar o caso.

Na publicação da reportagem nas redes sociais do BnR, diversos leitores contaram histórias semelhantes de situações de perigo com linhas de pipa também em outros bairros de Barueri. Dois dias após a veiculação do acidente com a criança, a prefeitura respondeu aos questionamentos feito pela equipe de reportagem do jornal, reforçando que o uso de cerol ou linha chilena é proibido, mas que a prática da atividade é permitida. Leia abaixo a nota na íntegra:

“Os efetivos da 3ª Companhia da GCM de Barueri estão realizando rondas preventivas diuturnamente em toda a área central da cidade com o objetivo de coibir irregularidades, em conformidade com a Lei Municipal n° 1.384/2003, que proíbe a fabricação, comercialização e utilização de cerol no município de Barueri. Os guardas municipais também estabelecem pontos de visibilidade (permanência da viatura estacionada em locais e em horários estratégicos), nas imediações do Ginásio Poliesportivo José Corrêa, visando ampliar a percepção de segurança dos munícipes.

Vale destacar que a proibição contida na legislação municipal supracitada se refere ao uso irregular de cerol ou linha chilena e não à atividade de empinar pipas com linha natural. Os guardas municipais continuarão intensificando o patrulhamento no local por tempo indeterminado, no entanto, emergências poderão ser comunicadas 24 horas por dia, ao longo de toda a semana, pelos telefones 153 ou 4198-3205 – Atendimento Telefônico de Emergência da GCM de Barueri.”.
Postagens Relacionadas

Deixe sua resposta

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui

- Advertisment -

Mais Populares

error: Conteúdo Protegido!