sábado, maio 18, 2024
anuncio
HomeCidadeBarraco em condomínio do Alphaville ganha destaque nacional

Barraco em condomínio do Alphaville ganha destaque nacional

por: Redação

Compartilhe esta notícia!

Celebridade afirma que ela e a família estão sendo perseguidos por vizinhos que a teriam chamado de pobre, gentalha. A situação foi parar nas redes sociais

Moradores de um dos condomínios de luxo do Alphaville estão sendo acusados de preconceito social. O alvo seria uma celebridade, que usou as redes sociais para expor o que ela e a família têm passado. Segundo Deolane Bezerra, advogada de 34 anos, que foi casada com o funkeiro MC Kevin, morto num acidente em 2021 ao cair de uma varanda de hotel do Rio de Janeiro, ela e a família têm sofrido discriminação por parte de moradores do Tamboré 1.

A advogada, que foi casada com MC Kevin, teria sido discriminada por vizinhos do condomínio Tamboré 1

Os moradores teriam trocado mensagens chamando Deolane e a família de pobre, gentalha e um deles, segundo Deolane, chegou a dizer diretamente para que ela voltasse para periferia para fazer ‘gato’ na rede elétrica. As mensagens teriam sido trocadas entre os vizinhos da advogada em queixas sobre festas e barulho que ela estaria promovendo. “Deveríamos nos unir para evitar esse tipo de moradores em nosso condomínio…” dizia uma das mensagens trocadas.

Deloane não pensou duas vezes e usou as redes sociais para expor a situação e mandar o recado. Na última terça-feira, 15/3, ela declarou: “Cuidado com o que fala. Você imputou um crime, é processo de calúnia. Cuidado que a favelada é doutora e vai tomar as providências cabiveís”. A advogada ainda citou diretamente um dos vizinhos, “você engenheiro… eu tenho aqui as mensagens printadas do grupo do condomínio. Cuidado com o que falam… Grupos de mãe, eu também sou mãe. Outra coisa, quadriciclo, meus filhos andam com elegância porque são bonzinhos, não são que nem a mãe. Mas tem um filhinho de papai riscando com a moto dia e noite…”.

“Favela venceu! Eu sou rica”, declarou a advogada nas redes sociais em resposta aos vizinhos que teriam-na chamado de ‘pobre’, ‘gentalha’

Em tom de desabafo e também de provocação, a advogada afirmou que vai construir uma casa maior ainda. “O terror de vocês será eu. Até onde eu puder lutar pelos meus direitos e pela dignidade da minha família, eu vou lutar. Se eu vir minha mãe derramando mais uma lágrima eu vou bater aí na porta e vocês que vão chorar. Ricos que odeiam ver os próximos se dar bem, vão reclamar com Deus. Os incomodados que se mudem (…). Favela venceu! Eu sou rica!”, declarou.

Sobre as acusações feitas por Deolane e o comportamento dos vizinhos, a administração do Tamboré 1 não se posicionou alegando se tratar de um problema dos moradores e não do condomínio.

 

Postagens Relacionadas

31 Comentários

  1. Complicado. As pessoas pagam caro pra ter segurança e PAZ, ae chega uma pessoa dessa sem um pingo de educação. Tem que ser expulsa.

    • cara..sempre digo a mesma coisa…e te digo que esse problema de perturbação de sossego e em casa de rua, condomínio de baixa e alta renda
      tranqueira é em todas classes sociais e não tem lei severa pra punir..
      Brasil tá cada vez pior!!

  2. Quem é essa loka a fila do pão? Volta pra zona leste kkkk se acha de mais surfou na morte do Kevin e se acha quem kkkk
    Dura

    • cara tenho seu nome, mas imagina isso ai nao deixando você ou parente seu sem sossego…..por opiniões iguais a sua que ninguem respeita sossego alheio!!

  3. Caramba, quem escreveu a matéria não usou corretor ortográfico ou chamou um revisor?
    Texto mal escrito, erro de concordância e com palavras que não fazem parte do contexto.
    Colocar palavra no plural com m é de lascar…

  4. Ela tem o direito sim , de morar onde escolher e quiser, mas se estiver fazendo barulho, sinto muito, doutora, tem mesmo é que escolher outro local onde as pessoas estão acostumadas com festas barulhentas, infelizmente.
    Cresci e ainda moro numa região onde o maior presente é a calma e o silencio. Em festas de final de ano ou copa do mundo, é compreensivo. Sou professora, durante uma ano e meio, meu trabalho foi online, reuniões e aulas. A região possibilitou um trabalho tranquilo. Já alguns colegas, não tem ou tiveram os mesmos” privilégios. Tanto é que algumas reunioes foram feitas em minha residência. Cada um num comodo, pois não podia aglomerar.

  5. Não é de bom tom entrar numa igreja de maiô e a mesma regra vale, pra quem vai morar numa região aonde as pessoas não tem o hábito de conviver com festas barulhentas até altas horas. Por isso, ou a pessoa se adequa ou sai pois, a ninguém é dado o direito de tirar a paz alheia”.

    • O que mais tem nos condomínios de Alphaville são festas. Se o proprietário estiver respeitando as “regras do condomínio” está tudo em ordem, independente do vizinho gostar ou não de festas, o incomodado que se mude.
      Os filhos de ricos podem fazer festas de segunda a segunda? Mas a pessoa que saiu da periferia é obrigada a se curvar pra quem já mora lá? Olha que não sou nem um pouco fã dessa mulher, muito menos a enxergo como celebridade, mas se conseguiu comprar sua mansão e paga pelo seu conforto, e o “condomínio permite festas”, tem mais é que fazer mesmo, e que se lasque o vizinho que quer mandar no condomínio todo.

  6. Dando festas fazendo barulho e oportunando a vizinhança? Ainda quer ter razão? Não aprendeu nada! Pode ser até diplomada mas não adquiriu a educação que vem de berço. Ninguém em lugar nenhum gosta ou quer ser incomodado ,seja na periferia ou num condomínio de luxo. Ela reclama que estão ofendendo mas ninguém faz isso gratuitamente, ela deve ter causado muito ,pode ficar aí, não volta pra periferia não,um a menos pra fazer barulho aqui com essas merda de funk.

  7. Absurdo esses babacas do Alphaville…pobres de Espírito…e ainda querem julgar as pessoas…acham que dinheiro vai comprar a felicidade, devem se entupir de remédios todos os dias poque não sabem o verdadeiro sentido da vida…aí na falta do que fazer ficam cuodando da vida alheia…não sabem eles que vão morrer e nao vai caber nada no caixão. Não dê moral Deolane, beija o ombro e vive sua vida, porque tem uma riqueza que esse povo que cuida da vida alheia nunca vai conhecer, a Riqueza de Espírito…e isso não tem preço, seja na favela ou em qualquer lugar vc sempre vai ser melhor!

  8. Pra morar no Tamboré 1 , não basta ter dinheiro, tem que ter ped gree kkkk isso já foi um lugar de gente Nobre.

  9. Essa carniça de cadeia tá se sentindo sou favelado não vou me envolver com lemprosos que nunca olharam para qualquer comunidade então essa mulamba está no lugar errada e na hora errada não troco minha favela por qualquer condomínio de lixo já mais sou fiel

  10. Esse pessoalzinho lixo de Alphaville acha pq tem um pouquinho mais que os outros acham que podem humilhar os outros .. o bando de idiota que mora em Alphaville vc VAI MORRER TBEM E VAI LEVAR SEU DINHEIRO PARA ONDE SEUS IMBECIS ??? CAIXÃO NÃO TEM GAVETA SEUS BURRO , NOJENTO .. DEOLANE VC TA CERTA PROCESSA MESMA VC TEM O MESMO DIREITO QUE ESSES ALMOFADINHAS DE MERDA .. QUERIA VER ESSES ALMOFADINHAS FALAR ASSIM NA QUEBRADA !! AI COMO QUERIA … VEM CHAMAR ALGUÉM DE FAVELADO AQUI SEUS IDIOTAS !! ESCROTOS ! NÃO ESTOU GENERALIZANDO MORA MUITA GENRE BACANA MAIS A MAIORIA E LIXOOOOO!

  11. Não tenho nenhuym problema em dividir o planeta Terra com pessoas ricas, pobres, religiosas, ateias, esportistas, drogadas, torcedoras do Flamengo, Vasco, Corinthians ou Palmeiras, todo tipo de pessoa. O que não dá é para conviver com pessoas que acham que tem o direito de promover barulhos altíssimos em festas que não acabam. A Lei do Silência, para mim, duraria 24 horas e seria crime hediondo. Ninguém é obrigado a participar de sua festa, sra. Mc Kevin. A senhora está errada. Incomodados não se mudam, lutam pelos seus direitos e fazem a justiça prevalecer.

  12. Nossa! Quanta confusão nessa matéria aí. Melhor editar, acrescentar e corrigir.
    Vamos lá: Primeiro, o grupo ‘mães do Tamboré 1’ definitivamente errou pois copiou mensagens e republicou por moradoras fofoqueiras no outro grupo de moradores. Segundo, foi comentado no grupo dos moradores que deveriam se reunir para tirar quem fizesse festas pagas com intuito de comercializar o imóvel. Tanto é que o próprio Residencial emitiu uma circular dizendo que é estritamente proibido usar a própria casa para fins comerciais. Não é o caso dela pois ela sabe a existência das regras no estatuto social do residencial. Em terceiro, a palavra gentalha não foi proferida a ela. Não foi para mãe ou familiares dela também. A palavra gentalha foi para um convidado de outro vizinho famoso que estava passando dos limites. Muito som alto atrapalhando a vizinhança. Surreal o comportamento dos convidados. Não tem compostura. Não tem etiqueta. Quarto, ninguém NUNCA disse que um vizinho famoso não é bem vindo. A palavra referida foi direncionada apenas ao convidados desse outro vizinho famoso que dançava loucamente aparentando estar muito bêbado em vídeo publicado pelo próprio morador famoso. Em quinto, Condomínios residenciais fechados e Associações tem como principal regra evitar qualquer tipo de festa comercial ou morador arrecadar dinheiro com a festas pois é um local estritamente residencial. Se algum vizinho quiser festas e cobrar entrada por cada um deles pode alugar um salão de festas fora do residencial. Quanto ao ‘gato’ na parte elétrica ninguém acusou ela disso. Foi outro vizinho mencionou que se as pessoas quiserem fazer o ‘gato’ que retornassem ao local de onde morava. Foi proferida de forma generalizada para todos os moradores. Não foi exclusivamente para ela. Enfim… tais prints das conversa dos moradores chegaram ao conhecimento da ilustre moradora de forma equivocada e ela está pensando que foi direncionada exclusivamente para ela. Vocês estão fazendo fofoca antes de saber a verdade. A moradora está um pouco desorientada quanto ao conteúdo das mensagens. Seria bem melhor que ela pudesse participar do grupo envolvido antes da mídia sensacionalista escrever coisas desconexas a realidade para ganhar clicks.

  13. Uma vergonha para OAB marmitinha do pcc , ficou famosa ??? As custas da morte de um garoto sua ameaça TB pode ser levado em consideração já que é envolvida com crime organizando através dos pais dos seus filhos

  14. Os seres humanos já passaram da validade!!!. Falta de empatia, respeito com os outros e o direito de cada um, não está relacionado com ser rico, diplomado ou não. Isto realmente é falta de caráter…!

  15. Trabalhei nos condomínios de Alphaville,maioria povo nojento que gosta de humilhar empregados,adorei a doutora batendo de frente , com esse povo que acha que é Deus e calando a boca ..a favela venceu 👏👏👏🙌

  16. Pra ter educação não precisa ser rico ou pobre o respeito pelo proximo vem do caráter de cada pessoa dinheiro sao coisas qye dinheiro nao compra

  17. Pra ter educação não precisa ser rico ou pobre o respeito pelo proximo vem do caráter de cada pessoa sao coisas que dinheiro nao compra

  18. Bom, tirando a questão do fato e do posicionamento da Deolane é muito importante frisar que o comportamento dos moradores também não é de forma respeitosa pra quem se considera “elite”. Ela pode até ter dado festas que incomodou mas vamos lá, cadê os moradores indo reclamar com o SÍNDICO para aplicar as medidas cabíveis ao invés de ficar fofocando no grupo com palavras em tom ofensivo se referindo a pobre?!?!?!?!?!?!?!?!?!?!?!?!?!!!?!
    Afinal se ela estiver infringindo regra, no mínimo tem que ser penalizada pelo condomínio e isso não precisa da ajuda dos moradores diminuindo com palavras em tom pejorativo quem é pobre. Os moradores de Alphaville não perdem a oportunidade de diminuir, ofender em tom de deboche quem é de classe baixa e isso tá na ESSÊNCIA DELES. São todos? Não!! Mas a maioria odeia pobre, faz questão e não perde a oportunidade de humilhar sempre que podem seja com comentários ou atitudes. Só quem já trabalhou lá sabe o quanto eles são os “semi deuses” intocáveis. Esses dias vi um comentário de uma mulher supostamente rica que disse o seguinte: “por isso eu não dou nada pra pobre, pago o salário e é isso. Eles são muito dodói e se ofende por tudo”. Isso porque uma patroa havia dado um DVD pra moça que trabalhava na casa e disse o seguinte pra ela: “Olha fulana, toma aqui um aparelho de DVD pra agora você ficar chique”. E a moça tinha internet na casa dela, Netflix etc; a fala deles são sempre diminuindo os pobres, e tem quem defenda esse tipo de comportamento. Se eles estavam incomodados, pra quê colocar pobre no meio de cada palavra????!!!! Ser pobre e existir pra eles é uma ofensa. NÃO ESTOU DIZENDO QUE A DEOLANE ESTÁ CERTA, mas cabe ao síndico fazer valer o que está na ata das regras do condomínio e quem vendeu deveria ter informado a ela sobre isso. Agora não tem como não perceber, que os moradores sempre são infelizes nas suas colocações e sempre tratam pobre como se fosse uma doença pra exterminar como se fossemos contagiosos e devêssemos ficar bem longe deles, e que só servimos pra servi-los. Pior que quase ninguém tá percebendo isso. Educação é educação seja na favela ou em bairro nobre!!

    • Caríssimos, infelizmente eu li pouquíssimos comentários com uma proposta para equacionar esse contencioso, e, após ele, as ofensas, acompanhadas por linchamento virtual dirigidas à Dr.a Deloane, cessaram. Muitos caíram em contradições, adotaram sentimentos e escolheram partidos, sem ver a questão justa da causa e vislumbrar uma solução diplomática e eficaz para a questão, sem despertar mais ruídos. A tendência em aumentar a temperatura dos conflitos, infelizmente isto é um claro sinal que o lado selvagem do indivíduo está acionado, claro sinal da grave preocupação do aspecto da degenerescência psicossocial dos brasileiros. Esse sentimento de confronto, impregnado no sentimento nacional, demonstra uma inclinação beligerante como meio de solução aos conflitos, isto não é natural, e sim peça de um ensaio tecnológico de manipulação psíquica das massas, uma verdadeira pandemia e fabricada pelo próprio ocidente. A violência, o discurso fácil e agressivo, desqualificador e orgulhoso em nutrir o preconceito ganha mais capilaridade na sociedade, tanto nas classes mais ricas, quanto nas mais pobres. Estamos em um estado que basta alguém estar disposto em acionar o detonador para tudo se inflamar. Precisamos adquirir consciência de classes, em si e para si, promover o desenvolvimento, identificar os gatilhos do preconceito, combater com educação e orientação sobre a diversidade étnicas, conhecer a face e a essência do que condiciona as diferenças de classes, promover ações, através de políticas públicas, para combater severamente a desigualdade social e resgatar o bom convívio e a paz entre a sociedade. O trabalhador, pertencente a todos os seguimentos produtivos econômicos precisa ser bem remunerado, ter direito a uma jornada de trabalho reduzida, para ter momentos de lazer, de ócio, de instrução intelectual, profissional ou acadêmica, viajar e investir seu tempo de forma produtiva, vital para a saúde mental, para gerar qualidade de vida. Desta forma, evita-se todos saírem na mesmo horário para o trabalho, onde se gera todo tipo de conflito urbano, engarrafamentos, produção em escala de monóxido de carbono nas vias urbanas, superlotação em coletivos em todos os modais de transporte, provocando mal humor e desencadeando conflitos. Precisamos falar sobre a reconstrução do nosso país, ou quem sabe, a gestão da refundação da República, celebrando-a com uma nova emancipação social. Sigamos vigilantes sempre pela busca sempre pela paz! Abraços fraternais à todas e à todos!

  19. […] A advogada Deolane Bezerra, de 34 anos, que foi casada com o funkeiro MC Kevin, morto num acidente em 2021 ao cair de uma varanda de hotel do Rio de Janeiro, voltou a ser alvo dos noticiários. Dessa vez, a influncer teve o nome envolvido em uma investigação do Ministério Público que emitiu um pedido de busca e apreensão na casa de Deolane, que mora no Alphaville. Ela apareceu nas investigações sobre crime contra a economia e associação criminosa. Em março, ela usou as redes sociais para denunciar um assédio que estaria sofrendo por parte dos vizinhos.  […]

Deixe sua resposta

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui

- Advertisment -

Mais Populares

error: Conteúdo Protegido!