sexta-feira, abril 19, 2024
anuncio
HomeCidadeÁgua da Sabesp continua com gosto de barro, afirmam moradores de Barueri

Água da Sabesp continua com gosto de barro, afirmam moradores de Barueri

por: Redação

Compartilhe esta notícia!

Após 20 dias de uma manutenção  emergencial, produto continua chegando com cheiro e sabor, e tem obrigado famílias a comprar água para cozinhar

Moradores de diversos bairros de Barueri continuam relatando que a água fornecida pela Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) está com gosto e sabor de barro. O problema surgiu há 20 dias, quando leitores procuraram o BnR se queixando do gosto característico, e em alguns casos, de cola. Na ocasião, a companhia admitiu o problema e garantiu que “foram feitas adaptações no processo de tratamento, (…) e que “apesar do desconforto, a água não traz riscos à saúde da população”.

Desde o dia 19/10, quando foi reconhecido o problema, alguns moradores chegaram a lavar as caixas d’água e o sabor estranho continuou. “Pedi pra limpar, mas não adiantou. Aqui em casa não tem como usar a água pra nada a não ser pra lavar as louças e roupas”, contou uma moradora do Parque dos Camargos.”Sou moradora no bairro Jardim São Luiz, a água ainda está com o gosto muito ruim, mesmo tendo filtro bom, não adianta a água ainda sim fica com gosto”, afirma uma leitora.

Em um comentário nas redes sociais do BnR há afirmação de que no Parque dos Camargos dos Camargos está com um gosto estranho, “parece com sabão”. O problema aparece em outros bairros, no Jardim Paulista. “Moro em prédio e aqui também tá com gosto de água de poço, e até o suco que faz fica com gosto de barro”.

Uma outra leitora afirmou que o problema impede até de cozinhar. “E eu, que joguei foi o arroz que fiz todinho fora. O gosto ficou todo nele. Agora estou usando a água mineral para fazer comida também. Já basta que não dá pra beber a água e agora nem pra fazer comida está dando”, revolta-se a barueriense.

Ao ser questionada pelo BnR sobre a persistência no problema, a Sabesp pediu para identificar os bairros e depois não se manifestou sobre os relatos.

Agência reguladora para denúncias

A Agência Reguladora de Serviços Públicos do Estado de São Paulo (Arsesp), que controla e fiscaliza os serviços prestados por algumas companhias, entre elas a Sabesp, afirma que  pessoas prejudicas pelos serviços prestados devem denunciar problemas com o abastecimento.

O órgão tem um serviço de atendimento ao usuário para receber queixas em segunda instância por meio do 0800 771 68 83, de segunda a sexta, das 8 às 20 horas, ou pelo email sau@arsesp.sp.gov.br​. Por conta da pandemia, o atendimento presencial está suspenso.

Postagens Relacionadas

Deixe sua resposta

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui

- Advertisment -

Mais Populares

error: Conteúdo Protegido!