sexta-feira, junho 14, 2024
anuncio
HomeCidadeViolência contra mulher foi causa de morte a pauladas no Jardim Esperança

Violência contra mulher foi causa de morte a pauladas no Jardim Esperança

por: Redação

Compartilhe esta notícia!

A vítima, Nicolas, tinha histórico de agressões conta a ex-companheira, Ketillen e foi morto pelo atual namorado dela, Alexandre

Imagens mostram Alexandre dando mais de 20 pauladas em Nicolas

Violência contra a mulher e ameaças teriam sido a causa do assassinato de um jovem a pauladas na madrugada de quarta-feira, 20/9, no Jardim Esperança. Imagens de câmeras de segurança da rua Dempachi Nakaiama, onde o crime ocorreu, mostram o motoboy Alexandre Oliveira Rodrigues, de 33 anos, correndo atrás do músico Nicolas de Sousa Amaral, de 23 anos. Ele o alcança e começa a atacá-lo com golpes de um pedaço de madeira, mesmo depois de caído e já sem sentidos. Foram mais de 20 pancadas.

Graças às imagens, a polícia chegou à casa de Alexandre, a cerca de um quilômetro do local,onde ele dormia com sua namorada, a ajudante de cozinha Ketillen Julianna Ribeiro de Freitas, 23.

Ketillen e Alexandre dormiam na casa dele quando foram localizados pela polícia

Segundo apurou a polícia, Nicolas e Ketillen tiveram um relacionamento agressivo durante sete anos, com brigas, ameaças e agressões. Até que, em abril deste ano, ela decidiu se afastar dele definitivamente após um episódio de socos, mordidas e até golpes de chave de fenda. Ela registrou boletim de ocorrência na Delegacia da Mulher e ele chegou a ficar sete dias preso.

Depois de solto, Nicolas passou a tentar reatar a relação, mas Ketillen se recusava. Então, segundo ela, o ex-namorado começou a persegui-la e ameaçá-la, mesmo havendo uma medida protetiva que o proibia de se aproximar dela. Ainda de acordo com a moça, a situação se agravou depois que ela começou a namorar Alexandre, em maio.

Até que na quarta-feira, de acordo com Alexandre, o músico mandou recado ameaçando o casal de morte. Os dois então foram procurá-lo de moto, e o encontraram no local do crime. De acordo com Alexandre, Nicolas o teria ofendido e iniciado as agressões. Ele então apanhou um pedaço de madeira em frente a uma pizzaria e iniciou o ataque.

Presos em flagrante na casa do motoboy, os dois foram levados à Delegacia de Barueri, onde foram indiciados por homicídio triplamente qualificado.

Postagens Relacionadas

Deixe sua resposta

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui

- Advertisment -

Mais Populares

error: Conteúdo Protegido!