sexta-feira, junho 14, 2024
anuncio
HomeCidadeQueixas de usuários contra Benfica se multiplicam

Queixas de usuários contra Benfica se multiplicam

por: Redação

Compartilhe esta notícia!

Problemas apontandos vão de redução de frota e não cumprimento de horários a superlotação, falta de manutenção e longos períodos de espera

O Barueri na Rede tem recebido constantes reclamações de passageiros sobre a Benfica, responsável pelas linhas municipais de Barueri. São queixas que vão desde a superlotação, até relatos de passageiros que se viram obrigados, pela mudança de horários, a improvisar meios para chegar ao trabalho.

“Hoje de manhã cheguei ao terminal 7h08 da manhã e o ônibus simplesmente não passou. Precisei pegar uma outra linha, descer no ponto da Castelo e ir andando para a empresa,  atrasada”, conta uma leitora, que usa a linha T253-Líbano/Mackenzie.

Passageiros da linha 253-Jardim Líbano/Parque Imperial relatam falta de manutenção. “Pneus quase sempre carecas e a maioria dos ônibus dessa linha apresenta um barulho alto quando freia, um sinal claro de problema nos freios”, comentou outro usuário, que afirmou já ter feito diversos alertas para a emperesa. “Cansei de fazer denúncias no whatsapp deles, mas nunca adiantou.”

Outro ponto que chamou a atenção do BnR é o número que leitores que falam da superlotação. Um dos motivos seria que a empresa ainda não teria disponibilizado toda a frota, reduzida no período de quarentena por causa da pandemia de covid-19. O outro motivo, apontado por passageiros de algumas linhas, é o método de trabalho imposto aos funcionários. “Tiraram quase todos os cobradores e os motoristas têm que dirigir e cobrar as passagens. Com isso, os ônibus passam sempre atrasados nos pontos, cheios e os motoristas, estressados”.

Diante de tantas queixas, o BnR entrou em contato com a Benfica, relatando e pontuando a natureza das reclamações – mudança de horários; superlotação, falta de resposta aos usuários e se o método de cobrança/direção não está comprometendo o serviço. As mesmas questões foram encaminhadas à prefeitura, responsável pelo transporte público na cidade, e foi questionado se a situação é de conhecimento deles e o que tem sido feito para garantir a boa circulação de ônibus no município.

Até o momento da publicação dessa matéria, o BnR não obteve qualquer resposta.

 

Postagens Relacionadas

Deixe sua resposta

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui

- Advertisment -

Mais Populares

error: Conteúdo Protegido!