terça-feira, maio 28, 2024
anuncio
HomeCidadePronto-socorro do Camargos tem dia de caos e tensão na sexta-feira, 19/4

Pronto-socorro do Camargos tem dia de caos e tensão na sexta-feira, 19/4

por: Redação

Compartilhe esta notícia!

Após horas de espera sem atendimento, pessoas se revoltaram e ameaçaram depredar o local. Intervenção da GCM contornou a situação

Atuação da Guarda Municipal acalmou os ânimos de quem esperava na fila por horas, desde o início da manhã

O pronto-socorro do Parque dos Camargos/Jardim Silveira viveu mais um dia de caos na sexta-feira, 19/4, mas dessa vez com revolta dos pacientes, ameaças e necessidade de intervenção da GCM.

No final da manhã, pessoas que esperavam atendimento por várias horas começaram a reclamar com os funcionários do local. A sala de recepção estava lotada. Com o passar do tempo, e sem que a situação se alterasse, a tensão aumentou e houve ameaça de depredação por parte de quem esperava na sala de recepção lotada.

Uma equipe da Guarda interveio e tentou acalmar a multidão. O GCM Amparo dirigiu-se às pessoas, pedindo paciência e explicando que um eventual quebra-quebra não beneficiaria ninguém, pelo contrário, já que os médicos ficariam impossibilitados de continuar trabalhando. Vídeos com as cenas do tumulto circularam por toda a tarde e noite nas redes sociais.

A situação tem se repetido no PS do Camargos com frequência. O Barueri na Rede recebe queixas, fotos e vídeos todos os dias relatando problemas como longas demoras para atendimento, falta de medicação e insumos e falta de funcionários. Recentemente, o secretário municipal da Saúde, Milton Monti, esteve no local e foi hostilizado pelas pessoas que aguardavam para ser atendidas.

No PS Infantil, crianças esperam deitadas no chão

Os mesmos problemas são denunciados diariamente por leitores também relativos ao PS Central (Sameb) e ao PS Infantil. Cenas de pessoas aguardando atendimento deitadas no chão são frequentes, inclusive mães com crianças no colo, sem nenhum tipo de cuidado com riscos de transmissão de contaminação. Nos dias mais quentes, pacientes relataram falta de ar condicionado. Houve casos de atendimentos que demoraram até oito horas.

Postagens Relacionadas

1 Comentário

  1. O caos na saude de barueri se deve integralmente aos gestores da cidade que por décadas sempre viram com bons olhos abrir os cofres do municipio em detrimento de cidades vizinhas onde seus municipes são tratados como moradores de barueri, e ai esta a desgraça anunciada, o barueriense precisa de atendimento e acaba jogada as traças com pessoas oriundas de outras cidades, e nossas autoridades ficam cagando e andando com tal situação!! cade os vereadores e demais autoridades para se manifestarem diante desse caos,claro que se acorvadarão, afinal de forma antecipada já começou o pleito eleitoral e estão preocupados em manter com salários nababescos seus vencimentos e o futuro de sua familia e demais comicionados da máquina municipal, ao invés de olhar com respeito a população!! que os moradores da cidade mais rica da região não se esqueçam que esse ano terá eleições, e mais do que nunca temos que começarmos olhar para o novo, e sepultar em definitivo essa inoperãncia que se perpetua por décadas!! cega!! nenhum, nem o outro!! que venha o novo e tempos diferentes!!

Deixe sua resposta

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui

- Advertisment -

Mais Populares

error: Conteúdo Protegido!