segunda-feira, abril 15, 2024
anuncio
HomeUncategorizedPor causa de ciúmes, jovem é morto a tiros em Osasco

Por causa de ciúmes, jovem é morto a tiros em Osasco

por: Redação

Compartilhe esta notícia!

Vítima, de 20 anos, estaria brincando, tocou no ombro de uma moça, de 17 anos, quando namorado se enfureceu. Atirador foi embora e voltou para matar o rapaz

Enzio Miguel foi morto a tiros em Osasco. Crime foi motivado por ciúmes

Uma briga por ciúmes terminou com a morte de um jovem de 20 anos e a prisão de outro, de 22, num bar que fica no Rochdale, em Osasco, no domingo, 4/6. A vítima, Enzio Miguel Alves da Costa, estava no local, onde também estava um casal, uma jovem de 17 anos e o namorado, identificado como Relisson Fernandes Chaves. Após um desentimento, o casal foi embora, o rapaz voltou armado, retomou a discussão e atirou contra Enzio.

Outros clientes estavam no bar e fugiram quando ouviram os disparos, mas cerca de 20 minutos depois avistaram o atirador, desarmado, correndo próximo do local. Então se juntaram e detiveram o acusado, que conseguiu se soltar, sendo capturado novamente por algumas pessoas que passavam, mas ele fugiu.

À polícia, a namorada do atirador contou que eles estavam no bar e que brincava com a vítima, quando aconteceu um empurrão porque Enzio teria tocado no ombro dela. As pessoas que presenciaram a confusão separaram os rapazes e ela e Relisson foram embora. Segundo o testemunho da adolescente, no carro ela ouviu ele dizendo que “iria encher ele [Enzio] de bala”.

Já em casa, a menina viu o namorado saindo para procurar Enzio, mas não tinha notado que ele estava armado. De volta ao bar, uma nova confusão e durante a briga Relisson sacou e disparou contra o jovem, atingindo-o três vezes, com um disparo na testa, um no tórax e outro na virilha.

Enzio foi socorrido por quem presenciou o crime, levado ao Hospital Antonio Giglio, onde foi constatada a morte dele. O namorado que atirou contra ele foi detido por policiais militares no mesmo local, para onde foi, à procura de atendimento médico por ferimentos causados, segundo ele, por pessoas que queriam vingar a morte da vítima.

O crime foi registrado por uma câmera de monitoramento do bar e Relisson, reconhecido por três vítimas, foi preso no hospital, em flagrante por homicídio qualificado com agravante por motivo fútil.

Postagens Relacionadas

Deixe sua resposta

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui

- Advertisment -

Mais Populares

error: Conteúdo Protegido!