quinta-feira, maio 23, 2024
anuncio
HomeCidadePolícia prende segundo acusado de negociar armas do Arsenal com crime organizado

Polícia prende segundo acusado de negociar armas do Arsenal com crime organizado

por: Redação

Compartilhe esta notícia!

Homem faz parte da dupla que negociou venda de metralhadoras no Rio de Janeiro. Seu parceiro havia sido preso em abril

Foi preso na terça-feira, 7/5, no Rio de Janeiro, o segundo homem da dupla que negociou com o crime organizado do Rio de Janeiro a venda de parte das armas furtadas do Arsenal de Guerra em setembro. A prisão foi resultado da segunda fase da operação Tormentorum Venditor (Mercador de Artilharia).

O homem também é investigado por integrar um grande esquema de lavagem de dinheiro. O outro integrante da dupla já havia sido preso em abril, na primeira fase da operação, por participar da negociação das metralhadoras. Segundo as investigações, os dois juntos acumulam extensa ficha criminal.

Das 21 armas furtadas, 10 foram encontradas com integrantes do crime organizado no Rio de Janeiro e 9 no interior de São Paulo. A Polícia Civil do Rio recuperou, em outubro do ano passado, quatro metralhadoras calibre ponto 50 e quatro MAGs, calibre 7.62. O armamento foi localizado em um carro roubado e abandonado na zona oeste do Rio. Já no início de novembro, mais duas metralhadoras calibre ponto 50 foram recuperadas na Praia da Reserva, na mesma região. Outras nove armas foram localizadas em São Roque, em março, quatro de calibre 7.62 e cinco ponto 50.

O Ministério Público Militar denunciou oito pessoas pelo crime, sendo quatro civis e quatro militares. No caso dos militares, os cabos Vagner da Silva Tandu e Felipe Ferreira Barbosa, além de um tenente-coronel e um tenente, cujos nomes não foram divulgados, se forem condenados, podem pegar até 50 anos de prisão e ser expulsos do Exército.

 

Postagens Relacionadas

Deixe sua resposta

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui

- Advertisment -

Mais Populares

error: Conteúdo Protegido!