sexta-feira, maio 24, 2024
anuncio
HomeCidadePacote de Temer inclui duas obras em Barueri

Pacote de Temer inclui duas obras em Barueri

por: Redação

Compartilhe esta notícia!

Fazem parte da lista de obras paradas que devem ser retomadas pelo governo federal a UPA do Belval e o ginásio de esportes da Vila Universal

O pacote de R$ 2 bilhões para retomada de obras interrompidas, anunciado nesta segunda-feira, 7/11, pelo presidente Michel Temer contempla uma UPA e um ginásio de esportes em Barueri. Segundo o anúncio, as obras devem ser retomadas em no máximo em quatro meses e concluídas até meados de 2018.

skate
UPA do Belval será onde funcionou pista de skate

Uma das obras é a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) III do Jardim Belval. Para ela, o governo federal vai destinar R$ 4 milhões. As UPAs funcionam em regime de 24 horas todos os dias e têm como prioridade atender emergências, Nos casos dos modelos III, como o do Belval, elas têm pelo menos 15 leitos e capacidade de atendimento de 350 pessoas por dia.

A obra foi paralisada pela necessidade de fazer um desvio não previsto nas tubulações de águas pluviais. Houve também um problema jurídico ligado à remoção de uma pessoa que vivia no local, onde anteriormente funcionava uma pista de skate.

A outra obra é o que o Ministério dos Esporte chama de Centro de Iniciação ao Esporte modelo I. Ele faz parte de um projeto que pretende auxiliar na prática de esporte de alto rendimento e na formação de atletas entre o público de crianças e adolescentes. Na verdade, trata-se de um ginásio esportivo com infraestrutura para atletas, árbitros, serviços para o público e arquibancadas. No caso de Barueri, está previsto para a Vila Universal e o valor da obra está avaliado em R$ 3,2 milhões.

De acordo com o presidente Michel Temer, o total de obras contempladas é de 1,6 mil, sendo que para 1,1 mil delas, entre as quais estão as de Barueri, o prazo de conclusão é 90 a 120 dias. O investimento total previsto, segundo Temer, é de R$ 2,73 bilhões.

Segundo o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha,o governo identificou mais de 30 mil obras paradas, mas selecionou apenas aquelas que atendessem a uma faixa de valor – de R$ 500 mil até R$ 10 milhões, e que pudessem ser concluídas até 2018.

[sam_ad id=”12″ codes=”true”]

Postagens Relacionadas
- Advertisment -

Mais Populares

error: Conteúdo Protegido!