terça-feira, maio 17, 2022
HomeEm destaqueOeste toma gol nos acréscimos, perde nos pênaltis e não consegue acesso

Oeste toma gol nos acréscimos, perde nos pênaltis e não consegue acesso

por: Redação

Rubrão precisava vencer para subir para a elite do futebol paulista. Fez um gol no início, mas cedeu o empate no final e caiu nas penalidades máximas

Parecia que tudo estava perdido, mas São Bento conseguiu classificação dramática para a série A1

Foi uma reprise de 2021. Depois de fazer uma grande campanha na fase de classificação e passar pelas quartas de final, o Oeste caiu nas semifinais da série A2 do Campeonato Paulista, na disputa de pênaltis e jogando em casa. Desta vez, porém, com cores mais dramáticas.

Atuando na Arena Barueri na noite de sábado, 9/4, contra o São Bento de Sorocaba, diante de mais de duas mil pessoas, o Rubrão precisava vencer, já que havia empatado em 2 a 2 o jogo de ida em Sorocaba. O time saiu na frente logo no início e manteve o controle do jogo na maior parte do tempo. Mas recuou demais no final, desperdiçou a grande chance de matar o jogo e sofreu o empate aos 51 minutos do segundo tempo. 

O Oeste começou bem a partida, concentrado e tomando a iniciativa. Assim, aos 7 minutos abriu o marcador. Ceará recebeu dentro da área pela esquerda, cortou para dentro e bateu forte de direita no ângulo esquerdo do goleiro.. O gol era o que o time precisava para baixar a pressão.

Em vantagem, o Rubrão manteve o ritmo e controlou a partida na primeira etapa. Esteve mais perto de ampliar do que sofrer o empate e na única oportunidade clara do São Bento, Fernando Henrique apareceu para fazer uma grande defesa em cabeçada à queima-roupa, aos 42 minutos.

O segundo tempo não foi diferente. O São Bento não conseguia passar pela marcação alta do Oeste, que dava o ritmo da partida. Ainda assim, Fernando Henrique mais uma vez apareceu para garantir a vantagem aos 23, rebatendo chute de fora da área. No rebote, Wilson Junior perdeu o gol.

A partir dos 30 minutos, porém, o Oeste recuou demais e passou a apelar para as paralisações. O São Bento se aproveitou e avançou, apelando para as tentativas frustradas de fora da área e levantamentos de bola na área.

Mesmo assim, aos 38 minutos o Rubrão teve a oportunidade de matar o jogo. Numa roubada de bola no meio de campo e saída em contra-ataque, Tite partiu livre sem ninguém à frente. Atravessou todo o meio campo do São Bento sozinho em velocidade, driblou o goleiro na entrada da área e no momento de bater para o gol vazio tropeçou e perdeu o controle da bola, que saiu pela linha de fundo.

As interrupções de jogo foram tantas que o árbitro determinou 8 minutos de acréscimo e aos 51 veio o castigo. Em cruzamento da direita, a bola cruzou a área e encontrou Serginho livre para cabecear e empatar o jogo.

Na disputa dos Pênaltis, os visitantes venceram por 3 a 2. O goleiro Zé Carlos defendeu três cobranças de Raphael Luz, Ceará e Bruno Miguel e classificou o São Bento para a final contra a Portuguesa e para a série A1 do Paulistão em 2023.

Agora, as atenções do Rubrão ficam voltadas para a série D do Campeonato Brasileiro, onde também é um dos favoritos para o acesso. A equipe estreia na Arena Barueri, no próximo domingo, 17/4, contra o Paraná Clube.

Postagens Relacionadas

Deixe sua resposta

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui

- Advertisment -

Mais Populares

error: Conteúdo Protegido!