terça-feira, maio 21, 2024
anuncio
HomeCidadeNo primeiro dia de aula, ônibus não aparecem e crianças voltam para...

No primeiro dia de aula, ônibus não aparecem e crianças voltam para casa

por: Redação

Compartilhe esta notícia!

Estudantes do Jardim Maria Helena ficaram sem aula porque os ônibus que deveriam levá-los para a escola não foram enviados pela prefeitura

Pais e estudantes chegaram a partir das 6 horas e não tiveram nenhuma informação até 10h30

Alunos da Emef Francisco Zacarioto, do Jardim Maria Helena, tiveram que voltar para casa hoje sem poder assistir ao primeiro dia de volta às aulas. Eles foram transferidos para a Emef Alfredo Carmo, no Jardim Belval, por causa da demolição pela qual sua escola passa para a construção de um novo prédio.

Segundo mães ouvidas pelo Barueri na Rede, para o primeiro dia foram orientadas a se dirigir ao ginásio de esportes do bairro, na rua Niterói, a poucos metros da Zacarioto. Dali, partiriam os ônibus que os levariam para a escola nova, a sete quilômetros de distância.

A orientação, passada numa reunião realizada no sábado, 5/2, foi enfática em afirmar que todos deveriam estar diante do ginásio pontualmente às 6h30 desta segunda-feira. De acordo com depoimento dos pais, já a partir da 6 horas havia grupos de pessoas e crianças no local.

No entanto, o transporte escolar não apareceu. Logo de manhã estudantes e mães começaram a se aglomerar em frente ao ginásio e ao longo da rua Niterói, e ali permaneceram por cerca de duas horas, sem notícia. A tensão aumentou, as crianças ficaram tensas e houve um princípio de tumulto.

Dezenas de alunos ocuparam a quadra do ginásio à espera do transporte escolar

A rua encheu-se de gente, dezenas de alunos ocuparam a quadra do ginásio, vans chegavam para trazer alunos que embarcariam nos ônibus e os pais ligaram para o Demutran pedindo que o órgão intercedesse para evitar risco de acidentes ou atropelamentos.

Os familiares afirmam que durante a manhã não receberam nenhuma orientação sobre o que fazer. A direção da escola não deu nenhuma informação oficial. Houve casos de crianças que voltaram para casa sozinhas, pois tinham sido deixadas no local pelos pais confiantes de que o transporte escolar viria.

Por volta de 10h30, quando ainda havia pais e alunos esperando uma definição sobre como deveriam agir, a escola soltou um comunicado informando que não haveria aula no período da tarde, sem apontar o motivo. As famílias dos alunos do turno da manhã, no entanto, continuavam sem informação.

Cerca de 200 crianças voltaram para casa. O BnR enviou à prefeitura pedido de esclarecimentos sobre o episódio e quando a situação do transporte escolar vai ser resolvia, mas até o fechamento desta reportagem não obteve resposta.

Postagens Relacionadas

Deixe sua resposta

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui

- Advertisment -

Mais Populares

error: Conteúdo Protegido!