terça-feira, junho 18, 2024
anuncio
HomeCidadeMotociclista vítima de acidente no Alphaville está sem poder trabalhar e pede...

Motociclista vítima de acidente no Alphaville está sem poder trabalhar e pede ajuda

por: Redação

Compartilhe esta notícia!

Pai de dois filhos gêmeos de três anos de idade, motociclista ainda está debilitado e sem a moto que era utilizada para ajudar a completar a renda 

Arlison da Silva Correia, de 32 anos, que foi vítima de um acidente provocado por um suposto racha, no Alphaville, está sem conseguir trabalhar. Pai de dois filhos gêmeos de três anos de idade, o motociclista ainda está debilitado e a sua moto, que era utilizada para ajudar a complementar a renda fazendo o serviço extra de transporte por aplicativo, foi destruída no impacto. A moto não tinha seguro.

O acidente aconteceu no dia 20/5, quando Arlison tinha acabado de buscar uma passageira que tinha saído do trabalho e estava a caminho de sua casa, no Engenho Novo. Pouco tempo após o início da corrida, na alameda Rio Negro, a motocicleta foi violentamente atingida por uma Mercedes, que supostamente estaria participando de um racha.

Nenhum dos motoristas envolvidos prestou socorro às vítimas. Arlison foi levado ao hospital com lesões na cabeça e na perna. A passageira teve parte da perna arrancada no momento da batida.

Conforme o relato do motociclista, ele vem passando por dificuldades financeiras desde o acidente e perdeu seu meio de locomoção e ferramenta de trabalho. Ele é servidor da rede pública de educação de Santana de Parnaíba e trabalha com aplidativo à noite para complementar renda.

Desesperado, na terça-feira, 28/5, Arlison publicou um vídeo divulgando a vaquinha virtual e pedindo ajuda para conseguir comprar um novo meio de transporte e poder voltar a trabalhar, garantindo o sustento de seus filhos.

As doações podem ser feitas via Pix para o CPF 420.437.308-94 ou pelo link da Vakinha: https://www.vakinha.com.br/vaquinha/ajuda-para-arlison-vitima-de-acidente-de-moto-em-alphaville.

“Minha moto era fundamental para sustentar meus dois filhos gêmeos. Com ela, conseguia realizar um trabalho alternativo para complementar a renda e proporcionar o necessário para minha família. Agora, sem a moto, não tenho como garantir o sustento deles. Estou em uma situação desesperadora, sem recursos para restituir o valor e adquirir um novo meio de transporte”, declarou Arlison.

Postagens Relacionadas

Deixe sua resposta

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui

- Advertisment -

Mais Populares

error: Conteúdo Protegido!