quinta-feira, junho 13, 2024
anuncio
HomeCidadeMorre adolescente queimado em incêndio da Delegacia de Barueri

Morre adolescente queimado em incêndio da Delegacia de Barueri

por: Redação

Compartilhe esta notícia!

O menor estava detido sob suspeita de estupro e foi queimado por duas presas que se revoltaram ao saber do crime do qual o jovem era acusado

Morreu na sexta-feira, 1º/4, o adolescente de 17 anos queimado por duas presas da cadeia da Delegacia Central de Barueri no fim do mês passado. Ele estava detido sob acusação de ter praticado o crime de estupro contra uma criança. Durante o incêndio que atingiu a carceragem da unidade policial, o menor sofreu queimaduras graves na maior parte do corpo e foi levado para a Unidade de Queimados do Hospital São Matheus, na capital.

Desde o início, a principal suspeita era de que o incêndio tivesse sido provocado por duas mulheres que estavam detidas, uma por furto, outra por tráfico, e aguardavam soltura. Segundo policiais, elas admitiram ter ateado fogo no adolescente ao saberem que ele era acusado de ter cometido crime sexual. As duas foram transferidas para um presídio no interior do estado e vão aguardar julgamento presas.

O incêndio na área de detenção temporária para adolescentes e mulheres da delegacia, que fica no bairro da Boa Vista, começou por volta do meio-dia de 25/3 e exigiu a intervenção dos bombeiros, que enviaram duas viaturas ao local. O fogo foi controlado rapidamente, mas além do adolescente queimado, a fumaça provocou intoxicação em servidores e presos.

Parte das instalações da cadeia ficou queimada. Uma policial feminina e um servidor municipal que entraram no local para tentar salvar os detentos antes da chegada dos bombeiros, além de um grupo de presos, tiveram de ser socorridos.

 

Postagens Relacionadas

Deixe sua resposta

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui

- Advertisment -

Mais Populares

error: Conteúdo Protegido!