sábado, abril 20, 2024
anuncio
HomeCidadeGoverno do estado decreta estado de emergência para a dengue

Governo do estado decreta estado de emergência para a dengue

por: Redação

Compartilhe esta notícia!

Na terça-feira, 5/3, foram confirmados 31 óbitos causados pela doença, além de outras 122 mortes sob investigação. Total de casos é de 138.259

Após o estado de São Paulo atingir 300 casos confirmados de dengue para cada grupo de 100 mil habitantes, o Centro de Operações de Emergências (COE) do governo estadual decretou estado de emergência para a doença. O decreto possibilita que os recursos dos municípios sejam voltados para o combate à dengue, com maior rapidez e sem necessidade de abertura de licitação.

Na terça-feira, 5/3, foram confirmadas 31 mortes causadas pela doença, além do registro de 138.259 casos. Outras 122 mortes estão sob investigação para averiguação da causa, de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde. 

Para atender à demanda, o governo federal emitiu uma portaria que destina recursos financeiros que devem ser disponibilizados ao estado para emergências relacionadas à deguea. Os valores serão direcionados para medidas como investimento em vigilância em saúde, atenção primária e especializada. No estado de São Paulo, a prioridade será contratação de pessoas, aquisição de máquinas de nebulização e insumos e ampliação da capacidade de atendimento da rede.

Até o momento, os 12 municípios da Região Oeste da Grande Paulo registram 2.715 casos confirmados da doença. Osasco é a cidade que apresenta o maior número, com 1.333 registros, seguida por Cotia, com 670 casos e Cajamar, com 202, de acordo com os números contabilizados pela Divisão de Dengue, Chikungunya e Zika até a manhã de terça-feria, 5/3.

Outra medida adotada pelo governo do estado foi a distribuição da campanha “A água mais mortal pode estar no seu quintal”, que é um material para divulgação à população sobre como combater a dengue, os cuidados a serem tomados e outros temas relacionados. A distribuição também será realizada nas escolas públicas e particulares.

Postagens Relacionadas

Deixe sua resposta

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui

- Advertisment -

Mais Populares

error: Conteúdo Protegido!