sexta-feira, maio 24, 2024
anuncio
HomeCidadeFieb registra diversos casos de covid entre professores. Números só aumentam

Fieb registra diversos casos de covid entre professores. Números só aumentam

por: Redação

Compartilhe esta notícia!

Onda que levantou números de casos e mortes no estado atingiu a Fundação Instituto de Educação de Barueri. Na terça-feira eram 17 casos, em dois dias subiram para 23 positivos

No começo da semana o Barueri na Rede recebeu diversos relatos de pais e mães, conversas de gurpos e prints de comunicados de unidades da Fieb sobre casos de professores que testatam positivo para covid. Na terça-feira, 31/5, a informação era de que ao menos 17 professores da instituição foram afastados do trabalho por terem sido contaminados. Dois dias depois, os casos teriam subido para 23.

Somente na unidade Maria Theodora, no Alphaville, em uma única turma seis educadores estariam com a doença e as mães alegam que não foram informadas, que souberam pelos filhos e que as aulas não foram suspensas. Na Emef Dorival Faria, um aluno teria testado positivo e o comunicado pede aos pais que observem os filhos e decidam se devem ou não enviar a crianças para a escola.

Além disso, outros relatos mostram uma lista com 17 professores positivados para covid na Fieb Dagmar Ribas, no Jardim Maria Cristina. Entre os prints recebidos pelo BnR, conversas entre pais e mães evidenciam a apreensão dos alunos diante da falta de orientação e clareza de como agir. 

O protocolo de segurança da Secretaria de Educação prevê ações que vão desde o afastamento de quem testar positivo ou apresentar sintomas, até a identificação de alunos que tiveram contato por mais de 15 minutos com pessoas sob suspeita ou comprovadamente infectadas por covid – medidas que, segundo os relatos, não foram tomadas.

Depoimentos dos pais contam ainda que alunos tiveram contato com professores que testaram positivo e revelam que turmas de alunos sem professores têm sido reunidos em auditórios para assistir videos e filmes quando não há educadores para determinadas aulas.

Em resposta aos questionamentos do BnR, a Fieb afirma que a instituição segue as normas definidas pela Secretaria da Saúde do município e que recomendam o uso de máscaras em todos os ambintes escolares, higienização de mãos e que oferta álccol em gel para alunos e funcionários das unidades educacionais, além de providenciar o afastamento de professores e funcionários por dez dias quando há suspeita ou confirmação de caos de infecção.

Os pais alegam que o uso de máscara não está sendo exigido, o que resulta em falta de proteção de parte de alunos e professores. Comunicado publicado pela própria escola nas redes sociais confirma isso, pois o texto oficial da instituição trata o uso da proteção como “sugestão”.

Ainda de acordo com as mães, a instituição transfere toda a responsabilidade pela prevenção e controle da doença a famílias, alunos, professores e funcionários, sem assumir nenhuma responsabilidade.

Números crescem

O estado de São Paulo tem visto os número de casos e internações por covid crescer recentemente. Segundo dados da Associação Brasileira Redes Farmácias Drogaria (Abrafarma), testes positivos realizados em farmácias, subiram de 8.847 em abril, para 24.200 até o dia 22/5. A média móvel de casos, passou de 3.433 para 5.399 entre 18 e 31/5 – um aumento de 57%. Já novas internações tiverm um aumento de 74% no mesmo período – de 232 para 404. As informações são do Consórcio de veículos de Imprensa.

Medidas em cidades próximas

Em Barueri, ainda não foi tomada nenhuma decisão no sentido de determinar normas obrigatórias para prevenção da covid. O crescimento do número de casos, porém, especialmente entre jovens e nas escolas, tem feito outros municípios adotarem medidas mais rígidas.

Osasco já determinou a obrigatoriedade do uso de máscara em todos os ambientes escolares. Carapicuíba estuda tomar medida no mesmo sentido. Em São Paulo, a câmara municipal também está obrigando o uso de máscaras em todos os seus ambientes. 

Postagens Relacionadas

Deixe sua resposta

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui

- Advertisment -

Mais Populares

error: Conteúdo Protegido!