segunda-feira, julho 4, 2022
spot_img
HomeCidadeFaculdade já nasce com ambições de crescimento

Faculdade já nasce com ambições de crescimento

por: Redação

Aulas da primeira turma da FMB começam quinta (4/2), mas já está marcado vestibular no meio do ano e novas carreiras devem surgir em 2017 

Começam hoje as aulas da primeira turma da Faculdade Municipal de Barueri (FMB). São 50 alunos que farão o curso de Redes de Computadores, com duração de três anos. Já está previsto o vestibular para a segunda turma, no meio do ano. As inscrições devem ser abertas em maio. Como ocorreu no último exame, no mínimo 50% das vagas serão reservadas para candidatos residentes em Barueri. Esta primeira turma terá 31 baruerienses e 19 alunos de outras localidades.

A faculdade é um antigo desejo da cidade, que foi adiado mais de uma vez, até que em 2013 o projeto do primeiro curso foi enviado ao Conselho Estadual de Educação (CEE), responsável pela aprovação de instituições municipais de ensino superior.

Depois de analisar o quadro docente e vistoriar as instalações do Instituto Tecnológico de Barueri (ITB) Brasílio Flores de Azevedo, no Jardim Belval, o CEE aprovou em 2014 a criação da FMB, que foi referendada por lei municipal de 29 de abril de 2015.

GEDSC DIGITAL CAMERA
O diretor, Paulo Formigoni/Fotos: Décio Trujilo

“Contaram muito na aprovação pelo conselho a infraestrutura disponível e o histórico de bons índices de educação da cidade”, explica Paulo Formigoni, diretor da faculdade. A FMB vai usar neste primeiro ano as instalações do ITB, onde ganhou uma ala separada e compartilhará os laboratórios do curso técnico.

Segundo exigência do CEE, a faculdade tem prazo de dois anos para instalar-se em lugar próprio. Neste período, a prefeitura precisa construir outro prédio ou transferir a instituição para um novo endereço.

A nova faculdade é uma das três únicas gratuitas entre todas as 67 instituições municipais de ensino superior do Brasil. “Isso é muito importante, o aluno pode se matricular sem pagar nada nem ter que conseguir uma bolsa para estudar”, diz Formigoni.

A escolha de Redes de Computadores se deu por dois motivos: a infraestrutura disponível do ITB e as necessidades do mercado local. “Nosso foco é a empregabilidade, então vamos sempre ter como prioridade a formação em áreas em que haja oferta de emprego na cidade”, afirma o diretor.

GEDSC DIGITAL CAMERA
Estrutura do ITB facilitou aprovação da faculdade

Essa prioridade aparece nos estudos que vêm sendo feitos para definir quais são os próximos cursos que devem ser criados. Segundo Formigoni, quatro campos de atuação serão levados em consideração: gestão (contabilidade e administração, entre outros), saúde (enfermagem e farmácia, por exemplo), construção civil (engenharia e arquitetura) e educação.

A faculdade tem ambições de crescimento mas, com exceção da segunda turma de Redes de Computadores, já programada para o meio do ano, ainda não há nada definido sobre a expansão da oferta de carreiras. “Vamos fazer tudo com calma, avaliando bem as necessidades e a disponibilidade de recursos”, diz o diretor. De qualquer forma, nos vestibulares para 2017 já devem aparecer novas carreiras.

 

O curso

A formação de Redes de  Computadores prepara o profissional para se tornar um especialista em projetos, suporte de infraestrutura, implantação e manutenção de segurança, administração de servidores e gerenciamento de redes locais e de longa distância. O ITB Brasilio Flores de Azevedo, onde a FMB funcionará este ano, fica na Avenida Grupo Bandeirante, 138, Jardim Belval.

Postagens Relacionadas
- Advertisment -

Mais Populares

error: Conteúdo Protegido!