segunda-feira, maio 20, 2024
anuncio
HomeCidadeEmaranhado de fios irrita moradores do Parque Imperial

Emaranhado de fios irrita moradores do Parque Imperial

por: Redação

Compartilhe esta notícia!

Segundo moradores, o problema só aumenta e mesmo registrando reclamações, nenhuma das empresas que utiliza a rede ou a prefeitura resolvem a questão

“Vou dar uma festa aqui em casa, mas antes vou colocar uma placa bem grande: Cuidado com os fios e cabos na rua, isto pode causar acidente grave!”. Essa frase, em tom irônico, mas um sinal de revolta, foi uma das mensagens enviadas ao Barueri na Rede por moradores do Parque Imperial irritados com a quantidade de fios e emaranhados que pendem dos postes nas ruas.

O problema é causado por diversas empresas que prestam serviços ao consumidor. É rede elétrica, TV à cabo, telefonia. Não há como saber quem é o responsável por cada fio que se enrola em outro, que fica emaranhados em mais outros. E esse é o problema para o morador: para quem reclamar e pedir providências se numa situação dessas o ‘jogo de empurra’ é sem fim. “Já enviei pelo menos umas trintas mensagens, Enel, Claro, Vivo, Prefeitura de Barueri. Para vários canais, ninguém retorna! Estou tentando até com Anatel”, desabafa a leitora, moradora da Rua Diogo Feijó, no Parque Imperial.

A questão é mais que estética. Fiação de alta tensão, TV e telefonia emboladas, algumas posicionadas baixas, de alta  próximas de janelas podem provocar acidentes. O problema é um dos mais registrados no Reclame Aqui, site onde consumidores podem relatar insatisfação com todo tipo de prestação de serviços, a Enel está entre as mais citadas quando o assunto é fiação em excesso.

Algumas cidades tornaram lei a resolução do problema. Em Campinas, por exemplo, a prefeitura tem uma lei que determina a empresa responsável por monitorar a situação dos fios instalados nos postes e multa-a a cada notificação feita e não resolvida. Em Piracicaba acontece o mesmo: por lei, a prefeitura se responsabiliza a fiscalizar e pode aplicar multa para empresas que deixarem fios soltos.

Em Barueri, leitores garantem que com o empurra-empurra das empresas, chegaram a recorrer à prefeitura. “Já tem dois meses que procura alguém para resolver isso. Não é um caso pessoal, isto é ajuda pública. Na minha opinião, a prefeitura é responsável pela manutenção dos bairros, e como já mandei fotos mensagens, se não se interessaram. Eu acho que a segurança da população é de responsabilidade deles. Esses fios podem eventualmente não causar descarga elétrica, mas pode machucar de outras formas “, declarou uma leitora ao BnR.

Questionada, a prefeitura afirmou que “Esse tipo de ocorrência deve ser resolvida pela prestadora de energia. O cidadão pode procurar a Ouvidoria da Enel e também a Ouvidoria Municipal (…) que pode ser facilmente acessada pelo APP Alô Barueri”. O BnR reforçou que o problema relatado nesta reportagem já havia sido reportado à administração pública pelos moradores, ao que foi respondido que a prefeitura cobra da Enel as providências a cada ocorrência.

Alguns dias após os moradores entratem em contato com o BnR, a Enel esteve no local, trocou uma lâmpada e afirmou à moradora que eram fios telefônicos.

Postagens Relacionadas

Deixe sua resposta

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui

- Advertisment -

Mais Populares

error: Conteúdo Protegido!