sexta-feira, julho 12, 2024
anuncio
HomeCidadeEm novo julgamento, mulher e marido acusados de matar os pais dela...

Em novo julgamento, mulher e marido acusados de matar os pais dela são condenados

por: Redação

Compartilhe esta notícia!

Filha é sentenciada no Fórum de Barueri a 50 anos de prisão pelo assassinato dos pais com cumplicidade do marido

Em segundo julgamento, a Justiça condenou na semana passada uma mulher e seu marido pelo assassinato dos pais dela, moradores do Alphaville. Roberta Tafner foi sentenciada a 50 anos de prisão e Willians de Sousa, a 42 anos.

Na madrugada de 2/10 de 2010, Wilson Tafner,de 68 anos, e Tereza Cobra, de 60, estavam sós em sua residência, quando foram surpreendidos por alguém que os atacou e os matou com 26 golpes de faca, 16 nela, dez nele.

Wilson e Tereza moravam no Alphaville mas passavam os fins de semana numa casa que tinham no Portal das Acácias, condomínio que fica na altura do km 40 da Rodovia Castelo Branco, onde foram mortos. A poucos metros dali ficava a casa de Roberta e Wilians.

As investigações levaram à filha do casal e seu marido. Eles teriam cometido os crimes para ficar com o patrimônio dos idosos assassinados. Roberta e Willians chegaram a ficar presos por dois anos, mas a demora no julgamento, causada principalmente por artifícios utilizados por seus advogados, levou a Justiça a libertá-los em 2012.

Em maio de 2018, finalmente o casal foi julgado no Fórum de Barueri. Na ocasião, o promotor Vitor Petri pediu a absolvição de ambos por falhas no inquérito policial..Segundo ele, não havia nenhuma prova concreta da autoria dos crimes e os indícios foram todos desmentidos.

A família não se conformou com o resultado e recorreu da decisão. De acordo com a advogada Solange Izidoro Fernandes, que defendia os interesses dos parentes das vítimas, os jurados não tiveram acesso às provas durante o júri. Assim, um ano depois o Tribunal de Justiça anulou a decisão que absolveu Roberta e Willians e determinou novo julgamento.

O caso foi novamente julgado no Fórum de Barueri e, desta vez, Roberta e Willians foram condenados.

Postagens Relacionadas

Deixe sua resposta

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui

- Advertisment -

Mais Populares

error: Conteúdo Protegido!