sexta-feira, abril 19, 2024
anuncio
HomeCidadeBarueri tem 27 casos confirmados de dengue desde o início do ano

Barueri tem 27 casos confirmados de dengue desde o início do ano

por: Redação

Compartilhe esta notícia!

Brasil já teve 75 mortes confirmadas pela doença de um total de 82 mil registros entre confirmados e em investigação. No estado de São Paulo morreram nove pessoas

Barueri tem 27 casos confirmados de dengue desde o início do ano, de acordo com dados do Ministério da Saúde atualizados em 14/2. Os registros suspeitos ainda investigação são 172 e não houve nenhuma morte.

Na região, Osasco é o município que teve maior número de registros, com 366 confirmações. Nas cidades vizinhas, Carapicuíba registrou 21 casos, Jandira 3, e Itapevi 6. Santana de Parnaíba teve 39 casos confirmados e é o único dos municípios da região com uma morte sob suspeita.

Este ano, o Brasil já teve 75 mortes confirmadas por dengue num total de 82 mil registros entre confirmados e em análise. No estado de São Paulo morreram nove pessoas e há 83 mil casos em observação e 40 mortes prováveis ainda em investigação.

Os sintomas da dengue mais frequentes são febre alta com início súbito; dor de cabeça; dor atrás dos olhos (que piora com o movimento); manchas e erupções na pele; cansaço extremo; dores nas articulações; náuseas; vômitos.

A principal complicação da doença é o choque hemorrágico, ou dengue hemorrágica, que é quando a pessoa perde sangue em grande quantidade. Essa condição faz com que o coração perca capacidade de bombear para todas as partes do corpo e pode levar à morte. Ela é mais comum quando a pessoa contrai a doença pela segunda vez..

A dengue é transmitida pela picada da fêmea infectada do mosquito Aedes Aegypti. Não há transmissão de um ser humano para outro.

O principal cuidado para conter a proliferação da dengue é evitar o acúmulo de água em qualquer parte da residência, por menor que seja, pois é onde a fêmea infectada do mosquito pões seus ovos e multiplica o número de insetos transmissores.

Entre as orientações das autoridades médicas estão: limpar o quintal, jogando fora o que não é utilizado; tirar água dos pratos de plantas; colocar garrafas vazias de cabeça para baixo; tampar tonéis, depósitos de água, caixas d’água e qualquer tipo de recipiente que possa reservar água; manter os quintais bem varridos, eliminando recipientes que possam acumular água, como tampinha de garrafa, folhas e sacolas plásticas; escovar bem as bordas dos recipientes (vasilha de água e comida de animais, pratos de plantas, tonéis e caixas d’água) e mantê-los sempre limpos.

Postagens Relacionadas

Deixe sua resposta

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui

- Advertisment -

Mais Populares

error: Conteúdo Protegido!