segunda-feira, maio 16, 2022
HomeCidadeApós duas semanas, não há indícios sobre irmãos sequestrados por homicídio

Após duas semanas, não há indícios sobre irmãos sequestrados por homicídio

por: Redação

Dupla que matou traficante no início do mês no Parque dos Camargos foi levada e vídeo que circulou mostra os dois sendo interrogados para um tribunal do crime

O destino de dois irmãos sequestrados após um homicídio no Parque dos Camargos continua um mistério para a polícia. Cinco pessoas já foram identificadas por suposta participação no desaparecimento, mas todas negaram saber o que aconteceu com os reféns.

Polícia já identificou cinco possíveis participantes do sequestro

Na noite do domingo 10/4, um jovem de 24 anos, apontado como membro do tráfico de drogas, foi morto durante uma briga num bar da rua Luciana. Ele foi ferido por uma facada e atingido por um tiro de sua própria arma, que lhe foi tirada durante a confusão. Sangrando muito, morreu antes de ser socorrido.

Desde o dia seguinte ao assassinato, o autor do disparo e seu irmão, que participou do crime, desapareceram. De início, suspeitava-se que estavam foragidos, mas na terça-feira, 12/4, a Guarda Municipal recebeu a informação de que dois homens com as mãos amarradas foram conduzidos para um prédio do conjunto residencial do Jardim Paulista. No local, não encontraram as vítimas, mas recolheram seis celulares e detiveram dois homens.

A polícia então localizou num dos celulares um vídeo em que os dois irmãos aparecem amarrados, como na descrição da denúncia. Nas imagens, o autor do disparo é interrogado por alguém que dá a entender que fala em nome de uma organização criminosa da qual participaria o morto. A conclusão foi de que aquelas informações seriam utilizadas num julgamento dos dois.

Uma outra denúncia anônima indicou na quinta-feira, 14/4, uma casa onde havia um movimento suspeito, em Pirapora do Bom Jesus. A PM foi ao local e verificou que ali era o segundo cativeiro dos irmãos, mas eles já não estavam lá. Três homens que cuidavam do local admitiram o sequestro, mas disseram que não sabiam para onde os homens haviam sido levados. Eles teriam admitido que os dois seriam julgados pela facção criminosa.

Uma emissora de televisão chegou a publicar reportagem afirmando que os irmãos haviam sido resgatados na ação da Polícia Militar em Pirapora e o conteúdo foi reproduzido por outros veículos, mas a notícia não se confirmou.

A Polícia Civil continua as investigações para chegar aos culpados, mas mantém as informações em sigilo. Passadas mais de duas semanas desde o homicídio, a maior suspeita é de que os irmãos tenham sido condenados pelo tribunal do crime e assassinados.

Postagens Relacionadas

Deixe sua resposta

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui

- Advertisment -

Mais Populares

error: Conteúdo Protegido!