domingo, junho 16, 2024
anuncio
HomeCidadeAgentes de patrimônio também ficam de fora do abono para servidores da...

Agentes de patrimônio também ficam de fora do abono para servidores da Educação

por: Redação

Compartilhe esta notícia!

Trabalhadores alegam que, mesmo lotados na secretaria e ter direito garantido por lei, não tiveram o benefício repassado pela prefeitura de Barueri

Mais uma classe de servidores municipais de Barueri, lotados na Secretaria de Educação, acusam a prefeitura de desrespeitar a lei ao não repassar para o abono por produtividade de 2022. Dessa vez, agentes de patrimônio alegam que também não receberam o benefício. Ao Barueri na Rede, alguns dos funcionários afirmaram que em torno de 80 agentes estão unidos pelo mesmo objetivo: ter o direito, do qual estão sendo privados, garantido.

Hadassa Matos dos Santos, funcionária pública de Barueri há dez anos, afirma que o que está sendo feito é contra a lei. “Lembrando que os agente de patrimônio, exercem uma função de apoio aos docentes e demais servidores da educação”. Segundo a servidora, e representante da comissão dos agentes de patrimônio, diversas cidades vizinhas vêm pagando o abono produtividade aos vigias, seguranças e guardas escolares.

Outro servidor ouvido pelo BnR contou que já foi protocolado um pedido na prefeitura e no Ministério Público para que seja feito o pagamento do benefício. “Exercemos atividade operacional, estamos alocados na secretaria da educação, está no nosso holerite, e a lei federal diz que o abono é para os servidores locados na secretaria da Educação”.

Os funcionários que procuraram o Barueri na Rede alegam que não tiveram qualquer atenção por parte da administração pública sobre os pedidos feitos. “Eu trabalhei na pandemia e nem meu triênio recebi, é como se fôssemos invisíveis. Na verdade eu estou cansada de o secretário da educação nos chamar de vagabundos. Essa é a palavra usada por ele”, desabafou uma funcionária.

Assim como feito como feito no caso das merendeiras, que procuram o Barueri na Rede para denunciar a falta de pagamento do mesmo abono, foi questionado à prefeitura, por meio da Secretaria de Comunicação (Secom), o motivo para o não pagamento do benefício aos agentes de patrimônio que estão lotados na Secretaria de Educação de Barueri, mas até o momento da publicação dessa reportagem não obtivemos resposta.

Postagens Relacionadas

Deixe sua resposta

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui

- Advertisment -

Mais Populares

error: Conteúdo Protegido!