domingo, junho 23, 2024
anuncio
HomeRegiãoAcusado de espancar a namorada até a morte em Itapevi se entrega...

Acusado de espancar a namorada até a morte em Itapevi se entrega e confessa o crime

por: Redação

Compartilhe esta notícia!

Michael Francis da Silva dos Santos, 35 anos, estava foragido desde o feminicídio, cometido contra Bruna Ladislau Barbosa, de 19 anos, após uma discussão

Michael Francis da Silva dos Santos se entregou e confessou feminicídio contra a namorada de 19 anos

Foi preso, após se entregar à polícia e confessar o crime de feminicídio contra a namorada, Michael Francis da Silva Santos. O suspeito procurou a delegacia da Polícia Civil e confessou o crime, cometido em Itapevi, contra Bruna Ladislau Barbosa, na madrugada de 19/5.

À polícia, o autônomo, de 35 anos, declarou que as agressões começaram durante uma discussão, na casa onde moraravam, no bairro Santa Rita, em Itapevi. Em depoimento, prestado na Delegacia de Proteção à Mulher da cidade, Michael disse que se arrepende de ter espancado a jovem até a morte e que o motivo da briga teria sido o fato de Bruna ter batido na filha dele, quando teria partido para cima dela, e que a partir desse momento, ele não se lembra de mais nada.

De acordo com o boletim de ocorrência, após agredir a namorada, ele a levou de Itapevi até Osasco, onde a deixou em um pronto-socorro no bairro Pestana. Depois, o agressor ligou para a família de Bruna contando que havia encontrado a jovem na rua, caída, desacordada e ferida, numa tentativa de assalto.

Michael chegou a levar um familiar dela ao pronto-socorro onde deixou a namorada, e depois disso fugiu, se entregando pouco mais de uma semana depois da morte dela. A Polícia Civil divulgou que após confessar o feminicídio, o acusado foi preso em cumprimento ao mando expedido pela Justiça e deve ficar detido por pelo menos 30 dias.

Condenação anterior

Segundo a polícia, Michael tem antecedentes criminais, sendo uma das condenações por ter agredido outra mulher. A sentença, dada em 2019 pela agressão anterior, foi de cinco anos, e ele cumpriu parte da pena, sendo solto antes por bom comportamento.

Postagens Relacionadas

Deixe sua resposta

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui

- Advertisment -

Mais Populares

error: Conteúdo Protegido!