quinta-feira, junho 13, 2024
anuncio
HomeCidadePró-Sangue: só 1,9% da população é doadora

Pró-Sangue: só 1,9% da população é doadora

por: Redação

Compartilhe esta notícia!

Fundação acaba de lançar mais uma campanha, com a hashtag #450Bolsas, a iniciativa vem para tentar manter o estoque, sempre baixo

A Fundação Pró-Sangue lançou na última segunda-feira, 23/10, a campanha #450Bolsas. O objetivo da iniciativa é estimular a população da importância da doação constante de sangue, já que a prática não faz parte da cultura do Brasileiro.

A Fundação Pró-Sangue foi criada em 1984, e arrecada por volta de 12 mil bolsas por mês, sendo que cada uma coleta 450 ml de sangue. Responsável por 32% de todo sangue que é revertido para os centros médicos da Região Metropolitana de São Paulo, no município de Barueri o banco do Pró-Sangue faz o fornecimento para o Hospital Municipal de Barueri (HMB) e ao Pronto-Socorro Central (Sameb).

De acordo com o setor de comunicação da fundação, os baixos níveis de estoque devem-se ao brasileiro não ter a cultura da doação de sangue, sendo que apenas 1,9% da população doa de fato. Além disso, outro agravante é a rotina das pessoas, uma vez que os finais de semana ficam reservados para descanso e viagens, e durante a semana, as pessoas ficam com medo de sair do serviço para poder doar, ainda mais em tempos de crise no país.

#450Bolsas

Com a hashtag #450Bolsas, a campanha vem para tentar manter o estoque, sempre baixo. A Fundação alega que a campanha vem para suprir uma composição adequada do estoque, que abastece mais de 100 unidades de saúde pública em todo país. A campanha inicia, justamente, em um momento de estoques em situação delicada. De acordo com o site da fundação, os tipos O+, O-, A-, B+ e B-  estão em estado de emergência, ou seja, a quantidade de bolsas de sangue é suficiente para abastecer os hospitais por apenas um dia.

Em Barueri, o posto de coleta da Pró-Sangue fica dentro do Hospital Municipal de Barueri (HMB) com atendimento de segunda a sexta-feira, das 8 às 16 horas, na rua Ângela Mirella, 354, andar térreo – Vila Dom José.

Para doações aos sábados, o posto mais próximo na região fica no Hospital Regional de Osasco, rua Ari Barroso, 355 – Presidente Altino, também das 8 às 16 horas. De segunda a sexta-feira, o atendimento é realizado das 8 às 16h30.

Para realizar a doação, o voluntário deve estar em boas condições de saúde, estar alimentado, ter entre 16 e 69 anos, pesar no mínimo 50 kg e apresentar documento de identidade original com foto recente. Recomenda-se que alimentos gordurosos sejam evitados nas quatro horas que antecedem a doação e, no caso de bebidas alcoólicas, 12 horas antes. A doação é restrita para pessoas que estiverem com gripe ou resfriado. Vale ressaltar que deve-se respeitar os intervalos para doação, no caso de mulheres são 90 dias com no máximo de três doações em 12 meses, e para homens 60 dias e um máximo de quatro doações em 12 meses.

 

Nas redes sociais, a fundação incentiva que as pessoas que participarem das doações compartilhem suas postagens com a hashtag da campanha, #450Bolsas.

Postagens Relacionadas

Deixe sua resposta

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui

- Advertisment -

Mais Populares

error: Conteúdo Protegido!