quarta-feira, junho 29, 2022
spot_img
HomePolíticaPré-candidato é acusado de uso da máquina e rebate

Pré-candidato é acusado de uso da máquina e rebate

por: Redação

Vereadores afirmam ter flagrado material de campanha de Rafael Gazar em repartição pública. Pré-candidato suspeita da acusação   

bau
Vereador Bau

Os vereadores Bacerlau Oliveira Santos, o Bau (PSC), e Saulo Goes (Psol) acusam o pré-candidato a vereador Rafael Gazar, filiado ao DEM, de estar fazendo uso da máquina pública em sua campanha.

Eles alegam ter encontrado material eleitoral dentro da Secretaria de Serviços Municipais. Seriam vários pacotes contendo impressos com nome e fotografia de Gazar. Saulo Goes apresentou fotos do material na última sessão da câmara, realizada terça-feira, 31/5. Por causa do episódio, foi lavrado um boletim de ocorrência de crime eleitoral por uso da máquina pública.

Notícia relacionada: 

Pré candidato denuncia campanha de ódio 

Gazar nega o delito. Segundo ele, os impressos são apenas cartões de visita pessoais que encomendou na gráfica Cop Bem, no bairro de Santana, em São Paulo. Para comprovar, apresenta uma nota fiscal da empresa de R$ 1.250 em seu nome e um recibo de transferência bancária dele para a gráfica no mesmo valor.

saulo
Vereador Saulo Goes

Ao justificar a entrega numa repartição pública, Gazar diz que o entregador alega ter errado o endereço. Na nota fiscal, o destino da mercadoria é o galpão do pré-candidato no Parque dos Camargos.

Desconfiança

Ele lança uma desconfiança sobre o suposto erro do endereço. “A última entrega antes da minha foi feita na câmara e os dois vereadores chegaram praticamente juntos com o entregador, que não conhece a cidade, afirma. “Eu acho muita coincidência.”

Gazar diz ainda que a acusação é de que a encomenda foi entregue na Secretaria de Serviços Municipais, na Estrada Velha de Itapevi, Jardim Tupã, dirigida por seu amigo pessoal Daniel Lancaster. “Tentaram fazer essa ligação, mas se enganaram redondamente, pois os impressos foram levados para a Secretaria de Assuntos Urbanos, que fica na avenida 26 de Março, no centro, e não tem nada a ver com a outra.”

gazer1
Escritório de Gazar pichado com ofensas e ameaças

Na verdade, os pacotes foram parar na Coordenadoria de Serviços Urbanos, que fica mesmo na avenida 26 de Março, mas é um departamento da secretaria comandada por Daniel Lancaster.

Tensão com a câmara

Os atritos de Gazar com vereadores começaram dia 17 de maio, quando foi criticado por vários vereadores na sessão do Legislativo pelo mesmo motivo. No dia seguinte, seu comitê no Parques dos Camargos apareceu pichado com ofensas e ameaças. Na ocasião, o pré- candidato afirmou que estava sendo vítima de uma campanha de ódio.

[sam_ad id=”20″ codes=”true”]

Postagens Relacionadas
- Advertisment -

Mais Populares

error: Conteúdo Protegido!