segunda-feira, abril 15, 2024
anuncio
HomeDestaquesPetrolina e Ceará, Ganga e Argentinos Jrs nas semifinais

Petrolina e Ceará, Ganga e Argentinos Jrs nas semifinais

por: Redação

Compartilhe esta notícia!

O clássico do Mutinga entre Petrolina e Ceará numa semi; e o atual campeão Ganga enfrentando o Argentinos Jrs, na outra

klauber-1-a-0
Klauber marcou o primeiro gol do Argentinos Jrs na vitória contra o Comunidade

O Campeonato Municipal de Futebol definiu neste domingo, 24/9, os confrontos das semifinais. Petrolina, Ganga e Ceará repetiram 2016 e se qualificaram, juntamente com o Argentinos Jrs. De um lado o clássico do Mutinga, como no ano passado. Do outro o Ganga, atual campeão municipal, enfrenta o Argentinos Jrs da Aldeia de Barueri. A expectativa é de que as semifinais aconteçam no próximo domingo, 1º/10.

Dupla do Mutinga quase se complica

Depois de conquistarem a vantagem de jogar por resultados iguais na fase de classificação e vencerem com certa facilidade na rodada de ida das quartas de final, Petrolina e Ceará por pouco não dão adeus ao campeonato.

penalti
Theo pegou um pênalti nos acréscimos

No jogo da manhã no Campo do Silveira, o Ceará perdeu para o GR Olga por 2 a 0. O time do Parque dos Camargos contou com o retorno de dois jogadores fundamentais que não jogaram no domingo anterior, Marcos e Léo. E foi Léo que abriu a contagem no primeiro minuto de jogo e ampliou ainda no primeiro tempo. Na etapa final o Olga foi para cima, meteu bola na trave a ainda perdeu um pênalti nos acréscimos, com Pelé batendo para defesa de Theo no canto esquerdo. Como havia ganho por 4 a 1 na ida, o Ceará ficou com a vaga.

Na sequência o Petrolina, sem contar com o meia Geninho, um dos principais atletas da equipe, enfrentou o Classe A, depois de haver vencido por 3 a 1  o jogo de ida. Após um zero a zero na primeira etapa, o rubro-negro aumentou ainda mais a vantagem, com um gol de Dedé. Mas o time azul não se deu por vencido, virou o jogo com dois tentos de Keké e um de Boca e deu um grande sufoco contra a meta do goleiro Léo. Com 4 a 4 no placar agregado, o Petrolina avança para semifinal e enfrenta o Ceará, repetindo 2016.

Ganga 3 x 1 ABC Califórnia

Depois de ter revertido a desvantagem nas quartas de final ao bater o Ganga por 1 a 0 no jogo de ida, o ABC Califórnia entrou em campo neste domingo precisando apenas de um empate para passar às semifinais. Mas o time nem teve tempo de desfrutar da vantagem. Logo aos 3 minutos, Messi chutou de longe, o goleiro Abacaxi rebateu e Canela abriu o placar para os gangueiros.

Abacaxi substituía a Jé, goleiro titular que se contundiu. Como não vinha jogando, estava fora de ritmo e o Ganga tentou se aproveitar disso arriscando em chutes de fora da área. Em duas ocasiões o goleiro foi muito bem, mas nas outras duas acabou dando rebotes que resultaram em gols do adversário.

Em desvantagem desde o início do jogo, o Califórnia tentou se lançar ao ataque, mas a forte marcação do Ganga dificultava a troca de passes. O resultado foi um primeiro tempo de meio de campo congestionado com muitos passes errados de lado a lado e poucas oportunidades de gol.

gangaabc1
Ganga vai em busca do quinto título

Numa delas, o ABC teve sua única chance do tempo inicial. O lateral direito Edgar avançou até a entrada da área e deu um belo toque para Tanque, que chutou com perigo, por cima da meta. Do lado do Ganga, apenas um chute longo de Henrique, aos 25 minutos, que buscava o ângulo da meta adversária. Dessa vez, Abacaxi foi bem e fez uma grande defesa.

No segundo tempo, o Ganga marcou novamente nos primeiros minutos. Willi, o curinga gangueiro, avançou e arriscou da fora da área pela meia direita. O chute saiu com efeito e Abacaxi não conseguiu segurar, soltando a bola nos pés de Monstro, que bateu para fazer 2 a 0. Aos 13 o time do Paraíso quase faz o terceiro em mais um chute de longa distância. Mas goleiro do ABC fez grande defesa e conseguiu abafar o rebote atirando-se aos pés de Monstro.

O ABC era todo ataque, mas sem criar lances de grande perigo. Até que aos 17, numa bola erguida na área do Ganga, a defesa bobeou coletivamente e Wesley aproveitou a confusão para diminuir o placar.

O jogo pegou fogo. O Califórnia estava a um gol de conseguir a classificação e foi todo para a frente, abrindo a possibilidade do contra-ataque ao adversário. Os 20 minutos finais foram de pressão do ABC, mas a defesa do Ganga suportou bem e o time começou a ameaçar na saída rápida de bola.

Até que, no minuto final, uma avançada em velocidade pela esquerda terminou num cruzamento para a área do Califórnia que encontrou Monstro sozinho, entre três zagueiros, livre para mergulhar e marcar de cabeça seu segundo gol no jogo e o terceiro do Ganga, sacramentando a classificação do campeão.

Argentinos Jrs 2 X 1 Comunidade Vale do Sol

Com um empate sem gols na primeira partida das quartas de final, Argentinos Jrs e Comunidade Vale do Sol foram para o campo do CT da Vila Porto na tarde de domingo com disputa totalmente aberta por uma vaga nas semifinais do campeonato. Para o time celeste da Aldeia de Barueri bastava um empate, já que fez melhor campanha na fase de classificação. Para os comandados de Sidão só a vitória interessava.

Bem postado em campo, o Argentinos marcava forte e tomou a iniciativa do jogo desde o início. O Comunidade, desfalcado de Mistura e precisando da vitória tentava ligação rápida com Motoca, Fabricio e Teio, seu trio mais avançado, sem sucesso em ameaçar o gol de Mussum. Para piorar, o volante Nando foi para o sacrifício e ficou apenas um minuto em campo, sendo substituído por Neguinho.

Apesar do domínio do Argentinos, o jogo era morno até os nove minutos, quando aproveitando um bobeira de Teio no meio de campo, Robinho foi lançado, iludiu a defesa e tocou na entrada da área pela meia direita para Klauber fuzilar Bahia abrir a contagem.

Com a vantagem, o time celeste passou a valorizar a posse de bola, enquanto o Comunidade fazia o jogo pela direita, com Léo, Motoca e Juninho tentando triangulações, mas esbarrava na zaga bem postada do Argentinos, que buscava roubar a bola e sair no contra-ataque.

je-2-a-0-2
Jé faz 2 a 0 para o Argentinos

Numa dessas ações, Jé avançou em diagonal da esquerda para o meio, tabelou com Klauber e bateu cruzado na saída de Bahia para marcar 2 a 0, com a zaga do Comunidade apenas assistindo o jogada.

Com dois gols de desvantagem e precisando da vitória, o time do Vale do Sol tentou se soltar mais e ter mais posse de bola para ameaçar a meta de Mussum. Mesmo conseguindo permanecer mais no campo de ataque, o Comunidade conseguiu apenas uma finalização no gol no primeiro tempo, quando Leó tentou um chute longo que parou nas mãos de Mussum.

O panorama continuou no segundo tempo, mas nem o Comunidade conseguia criar oportunidades de gol nem o Argentinos aproveitava os inúmeros contra-ataques que criava.

Quando tudo indicava que o placar seria definitivo, o Comunidade saiu rapidamente e um passe longo encontrou Teio, que invadiu a área e diminuiu aos 32.

O gol que poderia ter dado novo ânimo para o Comunidade acabou por acordar o Argentinos, que pressionou nos minutos finais para ampliar. Até que consegui aos 38, com Renato aproveitando um rebote de Bahia e empurrou para o gol, mas a jogada foi anulada por impedimento. Foi o último lance de emoção do jogo, que terminou com a classificação do Argentinos Jrs para a semifinal contra o Ganga.

 

Postagens Relacionadas

Deixe sua resposta

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui

- Advertisment -

Mais Populares

error: Conteúdo Protegido!