quinta-feira, abril 18, 2024
anuncio
HomeCidadeMorre Benedito Fonseca Serra, o Seu Dito, aos 83 anos

Morre Benedito Fonseca Serra, o Seu Dito, aos 83 anos

por: Redação

Compartilhe esta notícia!

Depois de passar mal na manhã desta terça-feira, 27/6, Seu Dito teve parada cardiorrespiratória e não resistiu

klenks-2
Seu Dito, Dona Bárbara e os oito filhos do casal. Fotos: Acervo da família

Morreu na tarde desta terça-feira, 27/6, no Pronto-Socorro Central (Sameb), Benedito Fonseca Serra, antigo comerciante local, conhecido por Seu Dito. Ele estava adoentado desde o ano passado, quando foram descobertos dois aneurismas no seu abdome. Na manhã da terça, ele sentiu-se mal e foi levado ao PS, sofreu uma parada cardiorrespiratória e não resistiu.

Seu Dito era parnaibano do bairro do Suru, onde nasceu no dia 16 de outubro de 1933. Mudou-se para Barueri ainda adolescente, no ano de 1949, quando veio morar com seu tio Firmo de Oliveira. De família tradicionalmente católica, foi membro e presidente da Congregação Mariana e orientador de coroinhas na igreja Matriz de São João Batista.

Em 1965, casou-se com Bárbara Klenk, com quem teria oito filhos, Sérgio, Valter, Luis Carlos, Eduardo, Sílvia, Márcia e os gêmeos Cláudio e Ana Lúcia (a Tita).

Conhecido por ser uma pessoa correta e extremamente honesta, Seu Dito comprou um armazém na Rua Duque de Caxias em 1969, onde ficou até 1990. Ali no seu comércio, exerceu outra de suas características, a solidariedade, vendendo a crédito para várias famílias de migrantes que chegavam a Barueri em busca de uma vida melhor.

No ano passado, Seu Dito ficou internado por dois meses no Hospital das Clínicas, onde foram diagnosticados os dois aneurismas. Devido a sua idade e fragilidade, foi impossível realizar a cirurgia para remoção dos aneurismas. Desde então, ficou em casa aos cuidados dos filhos. Ao sentir-se mal na manhã desta terça, pediu que sua filha Tita chamasse um padre para receber a extrema-unção. Morreu às 13h30, curiosamente dois dias depois do seu inseparável cachorro Tatau.

Pai e avô carinhoso, Seu Dito deixou além dos oito filhos e da esposa Dona Bárbara, seis netos. Seu filho Valter, sócio e colunista do Barueri na Rede, em 2013 escreveu sobre os apelidos pelos quais chamava seus filhos. Leia aqui.

O corpo está sendo velado no Velório Municipal e será sepultado na quarta-feira, às 10 horas.

Postagens Relacionadas

Deixe sua resposta

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui

- Advertisment -

Mais Populares

error: Conteúdo Protegido!