sábado, abril 20, 2024
anuncio
HomeCidadeManifestantes a favor de intervenção militar voltam à frente do Arsenal de...

Manifestantes a favor de intervenção militar voltam à frente do Arsenal de Guerra

por: Redação

Compartilhe esta notícia!

Desmonte do acampamento foi feito por uma parte do grupo de protesto, enquanto outra parte decidiu montar uma nova estrutura mais completa

Parede montada com pallets isola o acampamento da pista de subida da Marechal Rondon

O acampamento dos manifestantes que pedem a anulação das eleições e intervenção militar no país voltou a ocupar a frente do Arsenal de Guerra de Barueri. O local havia sido desmontado no domingo, depois da posse do presidente Luis Inácio Lula da Silva, mas já a partir da segunda-feira, 2/1, uma grande movimentação implantou novas instalações, maiores e mais estruturadas.

Segundo apurou o Barueri na Rede com participantes do grupo de protesto, uma parte deles decidiu desistir da manifestação depois da ida do ex-presidente Bolsonaro para os Estados Unidos e da posse de Lula. Outra parte, que estava viajando na virada do ano, surpreendeu-se com a decisão e iniciou então um movimento para reestabelecer o acampamento.

A nova estrutura agora tem banheiro e uma cozinha totalmente equipada. Também foi construída uma parede montada com pallets do lado da pista de subida da via Marechal Rondon, no sentido de Carapicuíba. A intenção é dar mais segurança a quem está no acampamento.

Grupo sustenta que a posse de Lula foi uma farsa e que Bolsonaro voltará com apoio das Forças Armadas

Os ocupantes do local afirmam que não tem data para encerrar o movimento, iniciado logo após o segundo turno da eleição presidencial. “Voltamos ainda mais fortes” é uma frase que se ouve com frequência no local. Segundo afirmam, na noite de segunda-feira cerca de 200 pessoas estiveram no acampamento e afirmam que esse número vai crescer a cada dia.

Eles consideram que a posse de Lula foi uma fraude que será desmascarada pelo próprio Bolsonaro. De acordo com essa versão, as Forças Armadas estão alinhadas com o ex-presidente esperando o momento que ele achar oportuno para acionar toda a estrutura militar e voltar ao poder.

De acordo com os participantes, não há líderes do movimento e cada um participa de acordo com suas condições. Para manter as atividades, o grupo criou uma conta bancária para receber doações por pix.

Postagens Relacionadas

1 Comentário

  1. Oque adianta ter proteção somente pra eles , Sendo que eles são os primeiros atacar as pessoas que passam ? Jogam Ovo podre , pedras tudo porque você não é a favor dessa maluquice?

Deixe sua resposta

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui

- Advertisment -

Mais Populares

error: Conteúdo Protegido!