domingo, fevereiro 25, 2024
HomeRegiãoEncontrado corpo de homem visto pela última vez em Carapicuíba

Encontrado corpo de homem visto pela última vez em Carapicuíba

por: Redação

Compartilhe esta notícia!

Francisco Almeida tinha 64 anos, era morador de Santo André e foi visto pela última vez na casa da filha, na Vila Silviania, em Carapicuíba

Francisco Almeida, de 64 anos, estava desaparecido desde o último dia 15/2, foi encontrado morto em Itaquaquecetuba. O corpo foi levado para o IML de Suzano e identificado por meio de biometria. Francisco saiu de sua residência em Santo André na terça-feira, 13/2, por volta do meio-dia e foi visto pela última vez no dia 15/2, às 11h30, na casa de Priscila, uma de suas filhas. Que fica na na Estrada do Pequiá, na Vila Silviania.

Segundo Cíntia Oliveira, sobrinha da vítima, a família foi informada pelo IML de Suzano que, por meio de documentos pessoais, que havia o corpo de um homem chamado Francisco Almeida no local. ”Recebemos a ligação do IML para algum membro da família ir fazer o reconhecimento do corpo. Infelizmente, pelas características que nos passaram, da barba e cabelos compridos e grisalhos, além do reconhecimento da biometria, há grande possibilidade de ser o meu tio. Pelo que parece, ele levou algumas pancadas antes de morrer”, desabafou Cintia à equipe do BnR, no começo da tarde de segunda-feira, 5/3.

Francisco tinha problemas com alcoolismo, mas nunca tinha saído de casa por tanto tempo. “Meu tio é alcoólatra e já sumiu algumas vezes, mas sempre por um ou dois dias. Desta vez, já tem quatro dias que ele está desaparecido, mas continuamos procurando em locais como hospitais e abrigos, tanto aqui em Santo André, como em Carapicuíba e em cidades vizinhas, como Barueri e Osasco”, relatou Cintia, na data em que a matéria do desaparecimento foi publicada (relembre o caso).

No fim da tarde, a sobrinha de Francisco confirmou a morte do tio e desabafou: “Ainda não sabemos o que houve, mas está tudo sob investigação. Estamos correndo atrás de câmeras de segurança do local e de possíveis informações para entender o que aconteceu, já que o corpo foi encontrado próximo á estação de Itaquaquecetuba, local cercado de comércios.”

O corpo foi velado e sepultado na capela do Cemitério do Curuçá, em Santo André. O velório durou cerca de uma hora e meia, por conta do estado de decomposição do corpo. O caso está sendo investigado como morte suspeita pela Delegacia de Homicídio de Mogi das Cruze e, no laudo foi apontado morte por politraumatismo.

Postagens Relacionadas

Deixe sua resposta

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui

- Advertisment -

Mais Populares

error: Conteúdo Protegido!