domingo, fevereiro 25, 2024
HomeCidadeDia teve carreata de peruas e escolas municipais e ruas vazias

Dia teve carreata de peruas e escolas municipais e ruas vazias

por: Redação

Compartilhe esta notícia!

Caminhoneiros em greve barraram saída de combustível da Petrobrás e atacaram caminhões tanque

Mesmo com a proposta do governo federal anunciada na noite de quinta-feira, 24/5, os caminhoneiros que se mantém em frente à Petrobrás, em Barueri, bloqueando a saída de combustível, não reconheceram a liderança que representa a classe em Brasília. A paralisação continuou nesta sexta-feira com reflexos em âmbito nacional e na região.

Manifestação de peruas tomou faixa da av. Guilherme Perereca Guglielmo e estacionamento do ginásio
Perueiros tomaram duas faixas da avenida Guilherme Perereca Guglielmo e estacionamento do ginásio

Na parte da manhã, as vans escolares que atendem alunos do município se reuniram em frente ao ginásio José Correa, no Centro, e saíram em carreata pela cidade. Por volta das 11 horas, a manifestação bloqueou completamente a entrada de Alphaville, para quem vinha do Centro de Barueri.

Os perueiros aderiram à paralisação dos caminhoneiros em razão da alta de preços abusivos do combustível. Com isso, ocorreram paralisações também nas cidades vizinhas, Carapicuíba e Osasco, assim como na capital paulista.

Em frente à Arena Barueri, hoje pela manhã, um vídeo divulgado nas redes sociais mostra caminhoneiros grevistas impedindo que caminhões tanque da Petrobrás sigam caminho. Nas imagens é possível ver que o grupo ataca três veículos furando pneus e tanques, alertando os motoristas da não circulação e gerando discussão entre os homens.

Confusão foi registrada pelos próprios grevistas. Motoristas dos caminhões tanque alegavam que estavam apenas tomando café quando foram abordados.
Confusão foi registrada pelos próprios grevistas. Motoristas dos caminhões tanque alegavam que estavam apenas tomando café quando foram abordados, e não iriam entregar a carga nos postos

Muitos postos de combustível permanecem fechados e com as bombas zeradas. Os poucos que ainda têm combustível, continuam com longas filas. Na alameda Rio Negro, no Alphaville, um estabelecimento que ainda tinha diesel, na parte da manhã, tinha uma fila de ônibus fretados para abastecer.

Ainda que o cenário de busca por gasolina se mantenha, as avenidas e ruas de maior movimento na cidade revelavam uma sexta-feira atípica, uma vez que muitas empresas liberaram os funcionários para trabalhar de casa, a rede municipal de ensino suspendeu as aulas e os ônibus circulam com frotas reduzidas. A Castelo Branco teve movimento de fim de semana praticamente o dia todo.

Quem depende de transporte público sofreu bastante. Com a redução das frotas de ônibus, de manhã os coletivos já saíam lotados do início do percurso e passavam abarrotados na maior parte dos pontos da cidade, impedindo as pessoas que esperavam de entrar. Houve quem teve que esperar mais de duas horas para conseguir embarcar.

De acordo com a prefeitura de Barueri, nesta sexta-feira também houve a suspensão do serviço CAIPD (da Sdpd). Já a coleta de lixo, a GCM e as ambulâncias operam normalmente.  “O rumo que a cidade tomará a partir de segunda-feira, 28/5, dependerá dos desdobramentos nacionais mas, por enquanto, tudo está mantido”, confirmou a administração municipal, via Secom.

Postagens Relacionadas

Deixe sua resposta

Deixe seu comentário
Coloque seu nome aqui

- Advertisment -

Mais Populares

error: Conteúdo Protegido!